PP sugere incremento da capacidade de captura para atingir a quota de exportação no novo acordo de pesca com a UE

Cidade da Praia, 17 Jun (Inforpress) – O presidente do Partido Popular (PP) sugeriu hoje, na Cidade da Praia, que o novo acordo de pesca com União Europeia (UE) deve ajudar Cabo Verde a incrementar a sua capacidade de captura de modo a atingir a sua quota de exportação.

Amândio Barbosa Vicente fez essa sugestão em conferencia de imprensa, hoje, na Cidade da Praia, ao fazer balanço da reunião quinzenal do partido, para analisrar os temas da actualidade politica nacional e internacional.

O ministro da Economia, José Gonçalves, anunciou no passado dia 13 de Junho, depois da sua deslocação à Bruxelas, Bélgica, que Cabo Verde quer que o próximo acordo de pesca com a UE, que entrará em vigor em 2019, seja mais abrangente.

De acordo com o presidente dos Populares, esse acordo novo deve negociar a zona protegida de Cabo Verde para dar mais sustentabilidade ao sector e conseguir a quota de exportação de peixes definida pela União Europeia.

O actual acordo de pesca com a EU termina no final de 2018, devendo o novo ser firmado e aprovado ainda no decurso deste ano.

OM/JMV

Inforpress/Fim