Porto Novo: Presidente reconhece esforços das autoridades para solucionar problemas num ano de seca quase absoluta 

Porto Novo, 07 Abr (Inforpress) – O Presidente da República reconheceu sexta-feira, no Porto Novo, Santo Antão, os esforços que as autoridades locais têm feito para fazer face às dificuldades das populações locais num ano agrícola “muito mau” e de seca “quase absoluta”.

“O que eu pude perceber é que há dificuldades por causa de um ano agrícola muito mau e de uma seca quase absoluta, mas o plano de emergência funciona”, avançou Jorge Carlos Fonseca, reconhecendo, também, o “grande esforço” do município na resolução dos problemas das comunidades.

O Presidente da República, no quadro de uma visita ao Porto Novo, para o lançamento, hoje, da campanha “Menos álcool, mais vida”, deslocou-se sexta-feira ao interior do concelho, ao qual, apesar dos problemas, augura “um futuro risonho” pela “visão do desenvolvimento” dos responsáveis locais e pelo seu “potencial económico”

“Há uma visão de desenvolvimento, e pelo que vi e ouvi das pessoas e do presidente da câmara, pelos projectos em curso, Porto Novo é um município com potencial, com possibilidades e que está num caminho que aponta para um futuro risonho, integrado no desenvolvimento de Santo Antão”, sublinhou Jorge Carlos Fonseca.

Este sábado, além do lançamento da campanha “Menos Álcool, mais vida”, no quadro das primeiras jornadas de saúde em Santo Antão, organizadas pela  região sanitária desta ilha, o chefe de Estado visita o Planalto Leste do Porto Novo.

JM/AA

Inforpress/Fim