Porto Novo: Operadores turísticos recebem primeiros desembolsos no âmbito do projecto Rotas das Aldeias Rurais

Porto Novo, 17 Abr (Inforpress) – A Associação dos Municípios de Santo Antão (AMSA) entregou hoje, no Porto Novo, os primeiros desembolsos aos operadores turísticos locais no quadro do projecto “Rota das Aldeias Rurais” desta ilha, financiado pelo Governo, em 52 mil contos.

No concelho do Porto Novo foram, nesta fase, desembolsados cerca de nove mil contos a 12 operadores turísticos beneficiários, para a implementação das primeiras obras no âmbito deste projecto, financiado pelo Governo, através do Fundo do Turismo.

Rota das Aldeias Rurais abarca a construção e melhoria de 36 empreendimentos turísticos nos três concelhos ligados, sobretudo, à restauração e estalagem em diversas localidades de Santo Antão, para a dinamização do turismo rural.

Para o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, que presidiu ao acto de entrega dos financiamentos aos operadores locais, o projecto Rota das Aldeias Rurais simboliza “o compromisso real e efectivo” do Governo de Cabo Verde “com o turismo em Santo Antão”.

Os operadores manifestaram o seu agrado com os primeiros desembolsos do projecto, lembrando que, desde 2016, vinham aguardando por “luz verde” para avançar com as iniciativas, que visam qualificar e diversificar a oferta turística em Santo Antão, ilha que “aposta, claramente, no turismo de natureza”.

O projecto, que resultou do inventário dos recursos turísticos existentes em Santo Antão, foi lançado em Janeiro de 2016 e visa a diversificação da oferta turística de Santo Antão, com a melhoria e construção de 36 empreendimentos turísticos nos três concelhos da ilha.

Além do “efectivo envolvimento” das comunidades na cadeia de valor do turismo, Rota das Aldeias Rurais de Santo Antão é um projecto que pretende ainda preservar e recuperar o património histórico-cultural no espaço rural.

JM/CP

Inforpress/Fim