Porto Novo: Na forja criação da fábrica de sabonetes com base em produtos naturais

 

Porto Novo, 24 Dez (Inforpress) – Porto Novo, em Santo Antão, está em vias de receber uma fábrica de sabonetes com base em produtos naturais, numa iniciativa de uma empresária cabo-verdiana, que já está discutir com a edilidade local a concretização desse investimento.

O projecto foi já proposto às autoridades municipais pela activista social e empresária no ramo de cosmética, Inês Silva, natural da ilha Brava, que já está a desenvolver no concelho do Porto Novo uma experiência de produção de produtos cosméticos, designadamente sabonetes líquidos e em barra para crianças.

O vereador da câmara do Porto Novo, Valter Silva, que responde pelo pelouro de promoção empresarial, confirmou o interesse dessa empresária em realizar investimentos neste concelho na área de cosmética, tendo na forja a criação de uma fábrica de sabonetes, com recurso a produtos naturais.

Este é um dos vários investimentos produtivos que Porto Novo receberá, num futuro próximo, segundo o vereador, que se referiu à possibilidade deste concelho ser alvo de outros projectos privados nos domínios do turismo, alimentar, energia renovável e de produção de água dessalinizada para actividades agro-pecuárias.

Graças às acções de promoção do Porto Novo como destino de investimentos, este município, com grandes potencialidades a nível do turismo, pesca, agricultura e, ainda, da indústria, está a ser cobiçado por investidores nacionais e estrangeiros, nomeadamente europeus.

Nos princípios de 2018, são esperados em Santo Antão empresários ingleses, belgas e de outras nacionalidades para discutir com os responsáveis municipais oportunidades de investimentos, segundo a edilidade porto-novense.

Nesta altura, uma outra grande preocupação da câmara do Porto Novo tem a ver com o relançamento da indústria cimenteira neste concelho, estando, em parceria com o Governo, à procura de um parceiro estratégico para investir na fábrica de pozolanas, encerrada há quatro anos.

JM/ZS

Inforpress/fim