Porto Novo: Investidor estrangeiro assina protocolo com edilidade para avançar com unidade de transformação do pescado

Porto Novo, 22 Jun (Inforpress) – Um investidor, de nacionalidade norueguesa, assina hoje com a Câmara Municipal do Porto Novo, um memorando com vista à concretização, a partir de Janeiro de 2019, de um projecto de transformação e processamento do pescado no concelho.

Geir Eriksen diz ter “tudo acordado” com a edilidade porto-novense para a realização deste projecto que, numa primeira fase, representará um investimento à volta de 70 mil contos.

O operador, dono da Viking Sea Food, uma empresa que opera no sector das pescas em Nouadibou, Mauritânia, pretende montar em Santo Antão uma unidade de transformação do pescado, mas a perspectiva é de investir “milhões de euros” nas pescas nesta ilha, nos próximos anos.

O edil Aníbal Fonseca congratulou-se com este investimento estrangeiro que, avançou, é já uma certeza.

“Está tudo acertado e vamos ter no Porto Novo investimentos nas pescas à volta 70 mil contos, num primeiro momento. A perspectiva é de termos no nosso município investimentos de ‘milhões de euros’ neste sector”, notou.

Porto Novo recebeu, nos últimos 15 anos, importantes investimentos privados, sobretudo no turismo, protagonizados por empresários nacionais e estrangeiros, oriundos de países como a suíça, França e Itália.

JM/CP

Inforpress/Fim