Porto Novo: Galarias de água em Lajedos vão ser recuperadas com reordenamento da bacia hidrográfica da Ribeira das Patas

Porto Novo, 04 Mai (Inforpress) – As galarias de água em Lajedos, no Porto Novo, Santo Antão, em situação de abandono, há décadas, vão ser recuperadas no quadro do projecto de reordenamento da bacia hidrográfica da Ribeira das Patas, com inicio previsão para 2019.

A recuperação dessas galarias, construídas ainda na era colonial, é uma das principais acções identificadas no quadro da implementação, partir do próximo ano, do projecto de reordenamento da bacia hidrográfica da Ribeira das Patas, que privilegiará mobilização de água para a agricultura.

O projecto prevê ainda a execução de dois furos, sendo um nas proximidades de Chã de Mato/Ponte Sul e outro em Lagoa da Ribeira das Patas.

Segundo os estudos já efectuadas, a que a Inforpress teve acesso, Ribeira das Patas, um dos maiores vales agrícolas do arquipélago, tem um potencial em termos de recursos hídricos na ordem dos cinco milhões de metros cúbicos de água, mas apenas 27% é explorado, actualmente.

O projecto de reordenamento da bacia hidrográfica da Ribeira das Patas será executado em década e meia, com forte investimento na mobilização de água e na recuperação de solos, estimado em 19 milhões de dólares (quase dois milhões de contos).

Além da Ribeira das Patas, o Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) vai, igualmente, a partir do próximo, reordenar as bacias de Jorge Luís/Ribeira da Cruz, também, no Porto Novo, e Garça, em Ribeira Grande.

O reordenamento das três bacias exigirá, até 2035, investimentos que ultrapassam os 44 milhões de dólares (mais quatro milhões de contos).

JM/CP

Inforpress/fim