Porto Novo: Estrada trará em ano e meio nova realidade a Tarrafal de Monte Trigo – Primeiro-Ministro

Porto Novo, 22 Jul (Inforpress) – O primeiro-ministro disse, sábado, no Porto Novo, que a segunda fase da estrada de acesso a Tarrafal de Monte Trigo, interior deste município, trará, dentro de 18 meses, “uma nova realidade” à essa localidade, com grande potencial económico.

“São 270 mil contos de investimentos na estrada que trará uma nova realidade a Tarrafal de Monte Trigo”, avançou Ulisses Correia e Silva, que prometeu, dentro de ano e meio, voltar a Tarrafal de Monte Trigo para entregar esta infra-estrutura à população local.

O primeiro-ministro, que falava, no Tarrafal de Monte Trigo, no acto de descerramento da placa que marca o arranque efectivo da obra, financiada pelo Banco Mundial, anunciou outros projectos que vão ser implementados nessa povoação, em paralelo, com a estrada, com um extensão de 12 quilómetros.

Durante a sua execução, o projecto vai gerar cerca de 300 postos de trabalho.

Ulisses Correia e Silva confirmou o facto de o Governo ter já mobilizado 200 mil contos para, a partir de 2019, a execução do projecto integrado do Tarrafal de Monte Trigo, que incide nas pescas, agricultura e turismo.

“Trata-se de um projecto para tirar maior proveito  do potencial  de desenvolvimento do Tarrafal de Monte Trigo. Já mobilizados 200 mil contos para melhorar as condições da pesca, do turismo e da agricultura, nesta localidade”, sublinhou o chefe do Governo.

Outro projecto em carteira para Tarrafal de Monte Trigo prende-se com a requalificação da orla marítima da baia dessa localidade, uma das sete maravilhas naturais de Santo Antão.

O executivo, avançou Ulisses Correia e Silva, pretende ainda melhorar as condições de saúde nessa localidade, com mais de mil habitantes, através da aquisição de uma ambulância especializada para o transporte de doentes.

O primeiro-ministro falou ainda de “outros projectos” para o município do Porto Novo, a nível do saneamento e abastecimento de água, que ultrapassam um milhão de contos, e com inicio a partir de Dezembro deste ano.

Confirmou o propósito do Governo de avançar com o projecto de requalificação da orla marítima da cidade do Porto Novo, num investimento à volta de 140 mil contos, que estará em execução a partir de 2019.

“Estamos a reforçar o nosso compromisso com Porto Novo, onde vamos investir, até 2020, mais 117 mil contos na requalificação urbana, habitação social e acessibilidades”, informou o governante que, este domingo, termina uma visita de três dias a Santo Antão para a inauguração de várias infra-estruturas.

Hoje, Ulisses Correia e Silva, que se faz acompanhar da ministra das Infra-estruturas, vai inaugurar as pontes em Ribeira das Patas e Chã de Norte, bem como o entreposto agrícola em Ribeira da Cruz.

JM/CP

Inforpress/Fim