Inicio Economia Porto Novo: Edil exorta Governo a “fazer os possíveis” para materialização do...

Porto Novo: Edil exorta Governo a “fazer os possíveis” para materialização do projecto Aquasun

Porto Novo, 05 Set (Inforpress) – O Governo deve “fazer os possíveis” para que os investimentos previstos para Porto Novo, Santo Antão, no quadro do projecto Aquasun, estimados em 23 milhões de euros (dois milhões e 500 mil contos), sejam materializados.

O apelo é do presidente da câmara do Porto Novo, Aníbal Fonseca, para quem o projecto, a concretizar-se, será o maior investimento externo jamais realizado em Santo Antão, que incidirá nas áreas de energias renováveis, agricultura industrial e dessalinização da água do mar.

Aníbal Fonseca aproveitou a recente estada do vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças no Porto Novo para exortar o Governo, respeitando a legislação sobre o investimento externo, a criar as condições favoráveis à materialização deste projecto que, há mais de dois anos, está a ser discutido entre as autoridades cabo-verdianas e o grupo britânico Brine Engineering Solution.

Em todo o caso, o autarca acredita que os investimentos estão “bem encaminhados”, porquanto foram já foram assinados os memorandos de entendimento entre Governo (através da Cabo Verde TradeInvest), município e investidores, com vista a viabilizar o projecto, que deverá gerar mais de 150 postos de trabalho directos.

Com a câmara do Porto Novo, o memorando incide sobre a “disponibilidade de terrenos” para a instalação de um parque solar de 2,5 megawatts e uma unidade de dessalinização, capaz de produzir, diariamente 3.500 metros cúbicos de água para a promoção da agricultura industrial.

O documento vai ser agora submetido à Assembleia Municipal do Porto Novo para apreciação, seguindo-se depois a assinatura entre as partes (investidores, Governo e município) da “convenção de estabelecimento”, criando assim condições para o arranque dos investimentos, que deve acontecer já nos princípios de 2019.

Os investidores estimam produzir, anualmente, cerca de 1.400 toneladas de produtos agrícolas/ano para exportação.

JM/CP

Inforpress/Fim