PJ e Serviços de Investigações Aduaneiras Franceses assinam acordo para prevenir e combater a criminalidade organizada

 

Cidade da Praia, 30 Jan (inforpress) – A Polícia Judiciária e os Serviços de Investigações Aduaneiras Franceses assinaram, em Paris, França, um acordo administrativo, visando o reforço das relações de cooperação e articulação em matéria de prevenção e combate à criminalidade organizada.

A informação foi avançada hoje pelo Gabinete de Comunicação e Imagem da PJ, que explica que com o protocolo Cabo Verde e França pretendem prevenir e combater a criminalidade organizada, nomeadamente o tráfico de drogas, de armas, de munições, de explosivos e de pessoas.

O combate a lavagem de capitais e terrorismo, através da formação profissional entre os seus agentes, a troca de informação, implementação de acções específicas de cooperação e prestação de assistência e apoio técnico, no que toca ao controlo de navios, são entre outros assuntos constantes do protocolo de cooperação entre as duas instituições.

O protocolo foi assinado pelo director nacional da Polícia Judiciária de Cabo Verde, António Sousa, e pela directora nacional da Inteligência e das Investigações Aduaneiras da República Francesa (DNRED), Corinne Cleostrate.

Na ocasião, António Sousa sublinhou que o acordo “reveste-se de um significado muito importante”, tendo em conta que as duas instituições  passarão a contar com mais instrumentos para trabalhar a prevenção e reprimir a criminalidade transnacional organizada.

“Hoje, marcamos um ponto de partida para níveis superiores de confiança e de parceira”, disse António Sousa.

Para Corinne Cleostrate, este o protocolo reveste-se de “uma simbologia muito forte”, porque vem formalizar a cooperação que já existe entre os dois países e que se fortalecerá ao longo das próximas semanas”.

JL/JMV

Inforpress/Fim