Inicio Economia OE 2018: Formação profissional água e saneamento debatidos no encontro entre Olavo...

OE 2018: Formação profissional água e saneamento debatidos no encontro entre Olavo Correia e representante luxemburguesa

 

Cidade da Praia, 20 Jul (Inforpress) – O financiamento às entidades de formação profissional, o saneamento e a água foram os temas norteadores do encontro hoje entre o ministro das Finanças e a encarregada de negócios da Embaixada do Luxemburgo em Cabo Verde, Angèle da Cruz.

Olavo Correia recebeu a encarregada de negócios do Luxemburgo no quadro das audições que vem fazendo a várias entidades para a elaboração do Orçamento do Estado para 2018 (OE 2018).

Segundo Angèle da Cruz, o financiamento à formação profissional visa assegurar que os estudantes provenientes de famílias de rendimento mais baixo possam ter acesso à formação nesse domínio.

“O objectivo da nossa cooperação (luxemburguesa) é a redução da pobreza”, precisou a representante do Luxemburgo, que insiste na necessidade de se reforçar as capacidades, já que é “muito importante” ter um salário que corresponda à formação.

Luxemburgo é membro do Grupo de Apoio Orçamental (GAO) a Cabo Verde e, neste quadro, segundo Angèle da Cruz, disponibiliza ao país um apoio anual de dois milhões de euros.

Entretanto, antes de receber a representante luxemburguesa, Olavo reuniu-se também com a presidente do Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade do Género (ICIEG), Rosana Almeida.

Ainda hoje o responsável pelo departamento governamental das Finanças vai receber a antiga ministra das Infraestruturas, do Governo do PAICV, Sara Lopes, o recém-empossado presidente do Conselho Superior de Magistratura Judicial, Bernardino Delgado, e o Procurador Geral da República, Óscar Tavares.

LC/ZS

Inforpress/Fim