Inicio Cooperação Município da Praia com protocolo de colaboração técnica com Las Palmas, Dacar...

Município da Praia com protocolo de colaboração técnica com Las Palmas, Dacar e Nouakchot

 

Cidade da Praia, 21 Jul (Inforpress) – As cidades da Praia, Las Palmas, Dacar e Nouakchott assinaram na capital das Ilhas Canárias um protocolo de colaboração técnica que permite trabalho em conjunto para o desenvolvimento urbano e melhoria de qualidade de vida dos habitantes.

O acto teve lugar em Las Palmas, palco do “Encontro de capitais terceiros”, que decorreu dias  19 e 20, e onde os representantes das cidades que rubricaram o protocolo confirmaram o seu pacto em criar um mecanismo de acompanhamento e fortalecimento das relações de cooperação descentralizada em matéria de gestão municipal.

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, defendeu que no mundo de hoje “é importante” que se construam “pontes em vez de muros”.

“O acto representa a oportunidade dos países africanos, que necessitam de financiamento para desenvolver os seus projectos, se candidatarem a fundos europeus, que por sua vez, têm ideias e melhores práticas de governação”, assinalou.

Por seu turno, o autarca de las Palmas, Augusto Hidalgo, que afirmou que Las Palmas “quer ser o ponta-de-lança entre África e Europa”, sublinhou que a sua localização geográfica, as infra-estrutura e a segurança urbana tornaram-se num “importante suporte” na plataforma logística e cooperação com o continente africano.

Indicou ainda que no âmbito do acordo de geminação bilateral entre Las Palmas e Praia, a capital das Ilhas Canárias irá nos próximos meses especificar os projectos e ideias que surgiram das reuniões de cooperação social e cultural.

Augusto Hidalgo, manifestou, ainda, o interesse de Las Palmas em partilhar com a Cidade da Praia as experiências e ideias para a promoção do Carnaval.

O vice-presidente da capital da Mauritânia, Nouakchott, Cheikh Thiam, destacou no seu discurso a colaboração existente entre Espanha e o seu país e referiu-se sobre a importância do fortalecimento das relações entre os governos locais.

As quatro cidades vão adoptar iniciativas em três projectos relacionados, nomeadamente, com a governação e gestão da administração pública local, ordenamento do território, planeamento e desenvolvimento urbano e ambiente, energia e gestão de resíduos.

Além destes projectos, as cidades comprometem-se em trabalhar em parceria para a promoção dos valores económicos, ambientais e sociais da compreensão mútua, bem como, lançar outras iniciativas complementares que se espelham no referido acordo.

Os três projectos de gestão municipal têm um orçamento total de 3,22 milhões de euros e contarão com o apoio financeiro de 2,8 milhões por parte da Europa.

O Programa de Cooperação Espanha-Portugal Interreg MAC (Madeira-Açores-Canárias) 2014-2020 tem um orçamento de 130 milhões de euros, 85% do qual financiados pelo Desenvolvimento-FEDER Regional Europeia.

Além dessas três regiões ultraperiféricas participam do programa os “países terceiros” geograficamente próximos da região europeia, Cabo Verde, Senegal e Mauritânia.

PC/AA

Inforpress/Fim