MPLA enaltece José Eduardo dos Santos no 76.º aniversário do líder do partido

Luanda, 28 Ago (Inforpress) – O Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA, no poder) enalteceu a “liderança, ponderação e perspicácia” do actual líder do partido, José Eduardo dos Santos, associando-se à celebração, hoje, do 76.º aniversário do ex-chefe de Estado angolano.

Numa “mensagem de felicitações”, o Bureau Político do MPLA realça as qualidades de José Eduardo dos Santos, “demonstradas na condução dos destinos do partido e de Angola, particularmente nos momentos mais dramáticos, quando tudo parecia sucumbir, ante a ameaça destruidora dos inimigos da Pátria angolana”.

“No novo contexto da vida do país, não pode o Bureau Político do MPLA deixar de estar rendido à forma hábil, tenaz e sacrificada como o Camarada Presidente José Eduardo dos Santos, à frente da Nação angolana, divisou as vias mais acertadas para manter a Independência Nacional, a integridade do território, a unidade e, consequentemente, conquistar a paz justa e definitiva”, lê-se no documento.

Segundo o texto da mensagem, o MPLA lembra que está em curso no país um programa de “actividades de homenagem ao arquiteto da paz”, que se estenderão até 04 de Abril de 2019, Dia da Paz e da Reconciliação Nacional.

“O Bureau Político reitera a sua firme convicção de que o Camarada Presidente José Eduardo dos Santos é merecedor de tal honra e do carinho coletivo, resultante da sua entrega incondicional à causa do povo angolano”, acrescenta-se no documento.

“[…] Apela-se aos militantes, simpatizantes e amigos do MPLA e a todo o povo angolano a se sentirem mobilizados em torno desta jornada, demonstrando, desta forma, o seu total apoio e reconhecimento ao processo de transição política exemplar que, tal como aconteceu na chefia do Estado, ocorre na liderança do Partido, que deve continuar a representar o orgulho de um povo, que quer salvaguardar os seus princípios e valores”, termina a mensagem do MPLA.

José Eduardo dos Santos, 76 anos (nasceu em Luanda a 28 de Agosto de 1942), foi Presidente de Angola entre 1979 e 2017, ano em que não se apresentou, por vontade própria, a uma nova reeleição, deixando a chefia do Estado em aberto, mas mantendo-se como líder do MPLA.

João Lourenço, como vice-presidente do MPLA, avançou como candidato presidencial às eleições de Agosto de 2017 e ganhou-as, tendo sido empossado como chefe de Estado a 27 de Setembro do mesmo ano.

No entanto, José Eduardo dos Santos manteve-se como líder do MPLA, cargo que vai deixar, também por vontade própria, no VI Congresso Extraordinário do MPLA, que se realizará a 08 de Setembro próximo, em Luanda, que será assumido, também, por João Lourenço, único candidato à sucessão.

Inforpress/Lusa

Fim