Mosteiros: Plano de emergência para mitigar efeitos do mau ano agrícola ascende a 46 mil contos

 

São Filipe, 31 Out (Inforpress) – O plano de emergência do município dos Mosteiros para mitigar os impactos negativos do mau ano agrícola ascende a 46 mil contos, informou hoje o vereador da área Social, Pedro Teixeira.

A edilidade, que já tinha enviado uma lista provisória de acções ao Governo, reuniu-se segunda-feira com as associações de desenvolvimento comunitário, agricultores e criadores de gado para delinear acções a serem desenvolvidas.

Do encontro saiu outras preocupações, daí que o município vai reencaminhar uma lista com as medidas a serem adoptadas e cujo valor para a implementação ascende a 46 mil contos.

Problemas com escassez de pastos e a recolha do pouco que existe, acesso a água e, neste particular, os participantes no encontro sugeriram a recuperação dos reservatórios construídos nas zonas altas no quadro do MCA, quer através da impermeabilização como de ligação de água a estes reservatórios para implementação de projectos de regadio nas zonas altas e para apoiar os criadores.

Outras actividades propostas passam pela formação para agricultores, acesso a medicamento para os animais, apoio aos pescadores quer com materiais de pescas como intervenção nos arrastadouros e acessos aos portos de desembarque de pescados e apoio às famílias com maiores dificuldades na ligação domiciliária de água.

Pedro Teixeira disse que o valor é indicativo e visa garantir a satisfação e minimização, um pouco, dos efeitos do mau ano agrícola e não para resolver todas as situações, esperando que os valores sejam desbloqueados o quanto antes para evitar impactos maiores nas famílias.

JR/CP
Inforpress/fim