Inicio Destaques Mosteiros celebra hoje o Dia do Município e da santa padroeira Nossa...

Mosteiros celebra hoje o Dia do Município e da santa padroeira Nossa Senhora da Ajuda

 

São Filipe, 15 Ago (Inforpress) – O município dos Mosteiros, o segundo mais pobre da ilha do Fogo, com 45,2 por cento (%) da sua população considerada pobre, celebra hoje o Dia do Município e da Santa Padroeira, Nossa Senhora da Ajuda.

Com uma população residente de 9.336 habitantes, segundo dados de 2016, correspondente a 26,2% da população da ilha do Fogo e 1,8% da população residente de Cabo Verde, os Mosteiros tem registado um decréscimo da população desde 2000 devido a factores de emigração e migração, passando de 9.535 habitantes em 2000 para 9.336 em 2016 (menos 199 habitantes).

Dos residentes a maior parte são do sexo feminino com 51.9% contra os 48.1% do sexo masculino, sendo que a população é considerada jovem, e a média de idade é de 29 anos. Mais de 50 por cento da população tem menos de 25 anos e pouco mais de seis por cento tem mais de 65 anos.

A taxa de alfabetização da população com mais de 15 anos é de 82.6%, sendo que é maior nos homens (88.9%) e menor nas mulheres (76.8%), e a taxa de alfabetização jovem, de 15 a 24 anos, é superior a 97%, sendo que é maior na camada feminina (97.5%) do que na camada masculina (96.6%), enquanto a taxa de pessoas que nunca frequentaram a escola é de 8.8%.

A taxa de ocupação da população com mais de 15 anos, população activa, é 33.1%, dos quais a maior fatia é ocupada pelos homens (48.7%) contra 19.1% de mulheres, e a taxa de desemprego total ronda os oito por cento, enquanto a taxa de desemprego jovem (15 a 24 anos) é de 19.2%.

Os Mosteiros contam um total de 2.309 agregados familiar, sendo que a dimensão média é de 3.8 pessoas por agregado familiar.

Em termos de condições de vida, mais de 84% dos agregados familiares tem acesso a electricidade (2016) mas a edilidade prevê ainda este ano aumentar para perto de 100 por cento com a integração da zona norte na rede publica de energia, 59.7  tem acesso a água canalizada, que igualmente será elevada ainda este ano para um patamar superior a 95 por cento com a conclusão do projecto que abastece todas as localidades da zona norte, desde Atalaia até Rocha Fora, e extensão da rede de Mosteiros Trás a Relva, Achada Grande e Corvo.

Segundo dados estatísticos do Instituto Nacional de estatísticas (INE) do ano de 2016, 92,3% dos agregados familiares dos Mosteiros tem casa de banho, 74,6% usa contentores para evacuação do lixo, 40,9% usa lenha para cozinhar e 54,6% usa gás para o mesmo fim.

Em relação ao aceso às tecnologias de informação e comunicação (TIC), os dados de INE e 2016 refere que 11,8% dos mosteirenses tem televisão por assinatura, 30% tem telefone fixo, 63,1% tem televisão, 22% tem computador, 14,3% tem tablet e 53,1% tem internet no alojamento.

Apesar de ocupar as três últimas posições de índice de pobreza de Cabo Verde e o segundo da ilha do Fogo, depois de Santa Catarina, por esses dias os munícipes esquecem esta situação e celebram em grande o Dia do Município e da sua Santa Padroeira.

O Município dos Mosteiros apresenta potencialidades no domínio de agricultura, nomeadamente cultura do café, fruteiras e produção de vinho.

JR/AA

Inforpress/Fim