Ministra anuncia para Agosto conclusão do processo de reclassificação dos docentes pendente desde 2008

Porto Novo, 05 Jul (Inforpress) – O Ministério da Educação vai concluir, em Agosto, todo o processo de reclassificação dos docentes em Cabo Verde, que estava pendente desde 2008, cumprindo assim, em um ano e meio, a resolução de “todas as situações”, nesta matéria.

A informação foi avançada, quarta-feira, no Porto Novo, pela ministra da educação, Maritza Rosabal, adiantando que, a nível das reclassificações, o seu ministério está a cumprir todos os compromissos assumidos com os professores, com ênfase na vertente reclassificação, cujos processos ainda pendentes serão resolvidos ainda antes do arranque do próximo ano lectivo.

“Agora em Agosto, vamos concluir a última reclassificação dos atrasados desde 2008. São processos que estavam pendentes há dez anos e, em um ano meio, vamos resolver todas as situações”, sublinhou Maritza Rosabal, que falava no acto de inauguração das novas instalações da delegação do Ministério da Educação, no Porto Novo.

Além dos “compromissos” com os docentes, a ministra destacou, igualmente, a introdução de novo curriculum e de novos manuais no sistema educativo que tem permitido aos alunos terem “melhores resultados”, além da nova metodologia de ensino a nível do português que, a seu ver, “vai permitir aos estudantes a prenderem bem” esta língua portuguesa.

A titular da pasta da Educação referiu-se ainda à introdução no quinto ano de escolaridade do ensino do inglês e francês, medida, que a seu ver, está a agradar aos alunos.

Maritza Rosabal cumpre hoje o primeiro de dois dias de visita a Santo Antão, onde, além da inauguração do novo edifício da delegação do Ministério da Educação no Porto Novo, tem agendado ainda encontros com os delegados deste ministério para avaliação dos resultados dos projectos educativos implementados nesta ilha.

JM/CP

Inforpress/Fim