Manuel Timas congratula-se pelo “reconhecimento da FIFA” aos árbitros internacionais cabo-verdianos

 

Cidade da Praia, 17 Jan (Inforpress) – O árbitro internacional Manuel Timas, recentemente reconduzido à categoria do árbitro da FIFA para 2018, congratula-se pelo reconhecimento da classe cabo-verdiana pela instâncias internacionais e almeja mudar o “rumo e o patamar” da arbitragem cabo-verdiana.

Um dos mais internacionais árbitros cabo-verdianos da actualidade, Manuel Timas disse à Inforpress que  desde 2014 tem estado a sair assiduamente para os jogos internacionais, asseverando que  em 2009 abraçou estas andanças com o propósito de contribuir para o engrandecimento da arbitragem cabo-verdiana

Timas diz acreditar que actualmente há mais aceitação dos árbitros cabo-verdianos a nível internacional e que se espera a qualquer momento por uma nova nomeação em Fevereiro para a cadeia dos novos árbitros internacionais cabo-verdianos.

“É um orgulho fazer parte desta galeria”, ressalva Timas, para quem ser árbitro internacional implica responsabilidades acrescidas em ter uma “notoriedade” dentro e fora do terreno do terreno do jogo.

Manuel Timas enaltece o facto de a classe da arbitragem ter estado a despertar, sobretudo, nos últimos tempos o interesse de mais árbitros jovens e  também da classe feminina, ao mesmo tempo que se mostra satisfeito pela aposta das estruturas desportivas em mais formações, reciclagens extensivas a cursos de elite programados anualmente pela FIFA em Cabo Verde.

A este propósito, considera que a arbitragem cabo-verdiana, na sua generalidade, está “num  bom rumo”, tendo sublinhado que num leque de 100 por cento (%) dos integrantes da classe, “uma boa parte”, cerca de 80%, transitou nos testes realizados pela FIFA em Cabo Verde.

Por isto, “louva o esforço” tanto dos árbitros como da própria Federação Cabo-verdiana de Futebol, estrutura que, a seu ver, tem estado a apoiar a arbitragem “no seu verdadeiro sentido”.

Cabo Verde passa a contar com dez árbitros internacionais, todos reconduzidos pela FIFA para o ano 2018, dos quais seis da região desportiva de Santiago/ Sul, nomeadamente Evandra Furtado, Manuel Timas, José Carlos Semedo, Fabrício Duarte, Luís Barbosa e Hélio Semedo.

Deste lote junta-se Ary Santos e Lenine Delgado (Santo Antão) António Rodrigues (Sal) e Wilson Fernandes (São Vicente).

SR/AA

Inforpress/Fim