Maio: Agência Marítima e Portuária tem em marcha plano da época balnear em segurança

Porto Inglês, 12 Jul (Inforpress) – A Agência Marítima e Portuária (AMP) já tem em marcha o seu plano de época balnear em segurança, para garantir um Verão seguro aos banhista maienses e aos turistas que frequentam as praias da cidade do Porto Inglês.

Em declarações à Inforpress, o delegado da AMP, Miguel Cândido Gomes, assegurou que o plano arrancou em inícios do corrente mês e vai até o final de Setembro.

Em relação à praia de Ponta Preta, uma das mais procuradas da ilha pelos banhista, principalmente  aos fins-de-semana, a mesma está a ser vigiada por um nadador-salvador, a partir das 14:00 até às 19:00, tendo em conta que é este o horário de maior  afluência naquela praia.

No que se refere a praia de Beach Rotxa, considerado o “cartão de visita” da ilha e que durante o Verão recebe banhistas das outras ilhas, bem como turistas,  aquele responsável garantiu que a mesma está a ser  vigiada por dois nadadores salvadores que prestam este serviço a partir da 09:00 até às 19:00, visto que  neste período ainda encontra-se um número significativo de banhistas na praia.

“Apesar de alguns constrangimentos face às despesas, mas graças a colaboração da Fundação Maio Biodiversidade que nos disponibilizou os cinquenta por cento que temos que arcar juntamente com a câmara municipal, que entra com os restantes cinquenta, estamos a levar a cabo esta importante tarefa para garantir aos banhistas um Verão balnear seguro”, frisou.

Miguel Gomes avançou ainda que apesar de alguns constrangimentos, os nadadores-salvadores estão com as condições “suficientes” para exercerem as suas funções, no entanto exortou as pessoas à respeitarem as sinalizações que forem colocadas nas praias, porque nestas situações, ajuntou, “todos devem fazer a sua parte”.

“Infelizmente ainda ontem constatamos que havia a bandeira vermelha, porque o mar estava com grande ondulação, mas mesmo assim havia pessoas dentro do mar”, lançou, o que quer dizer, continuou, que as pessoas não estão a respeitar.

A nossa fonte disse ainda que a AMP tem vindo a fazer campanhas de sensibilização na rádio comunitária local, no sentido de alertar os pais e encarregados de educação a não deixarem os seus filhos irem para as praias sozinhas, bem como os banhistas para que respeitem o sinal, pelo que disse esperar um “comportamento diferente” das pessoas este ano.

“Também pedimos às pessoas para que quando forem às outras praias aos fins-de-semana para se divertirem mas não deixem o lixo ali, que sejam amigas do ambiente”, lembrou.

Aquele responsável disse ainda que vê com “muito agrado” a iniciativa da Fundação Maio Biodiversidade, a parceira da AMP, em criar um viveiro na praia de Beach Rotxa para sensibilizar os maienses, bem como os turistas que visitam aquela praia, para a importância da protecção  das tartarugas marinhas.

“Os nossos nadadores estão instruídos para transmitir e explicar todas as informações aos banhistas e aos turistas sobre a desova das tartarugas marinhas”, conclui.

WN/AA

Inforpress/Fim