Líder do PAICV diz-se preocupada com “instabilidade social” por que passa o país

Cidade da Praia, 13 Jul (Infopress) – A presidente do Partido Africano para da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Hopffer Almada manifestou hoje, na Cidade da Praia, a sua preocupação face à “instabilidade social” por que passa o país.

Janira Hopffer Almada falava em declarações à Inforpress no final de um programa de visitas que efectuou esta sexta-feira, aos chefes máximos das principais entidades religiosas de Cabo Verde, com o objectivo de saber qual é o estado da Nação nas suas perspectivas.

A líder do PAICV disse que o seu partido está “um pouco preocupado com alguma instabilidade do ponto de vista social que está a acontecer em Cabo Verde, com a multiplicação de manifestações e a proliferação de greves”, impulsionadas sobretudo, pelo “clima e ambiente de descontentamento dos cidadãos”.

“Estou a falar, primeiramente, do sector dos transportes aéreos, seja no mercado doméstico, seja a nível da TACV internacional com os danos que todos nós já pudemos confirmar, com as consequências nefastas que todos estão a sentir, mas, sobretudo, com a perspetiva de futuro para que os cidadãos passam continuar a acreditar”, disse, lembrando também as questões relacionadas com a segurança e a saúde.

O programa de visitas arrancou às 9:00 desta sexta-feira, com um encontro com o responsável máximo da Igreja Católica no país, o Cardeal Dom Arlindo Furtado.

A seguir a líder do PAICV foi recebida pelo pastor da Igreja Adventista do 7º Dia e, a finalizar, visitou o superintendente da Igreja do Nazareno, David Araújo.

Estas visitas enquadram-se nos preparativos do debate sobre o estado da Nação, que está agendado para a sessão parlamentar deste mês de Julho.

GSF/FP

Inforpress/Fim