JPAI quer uma entidade na orgânica do Governo que responsabilize pela questão da juventude

 

Cidade da Praia, 24 Jul (Inforpress) – O presidente da Juventude do PAICV (JPAI) reivindicou hoje, na Cidade da Praia, a existência de uma entidade na orgânica do Governo que responsabilize pela questão da juventude.

Fidel de Pina fez essa reivindicação em conferencia de imprensa, esta segunda-feira onde analisou, em jeito de balanço, o estado da Nação, que estará em debate parlamentar na próxima sexta-feira, 28, naquela que é a ultima sessão plenária deste ano político.

“Nós da Juventude do PAICV, não percebemos e não entendemos o porquê de o Governo não ter na sua orgânica nenhuma entidade que se responsabilize, de forma directa, pela juventude do país, sabendo que é a que mais problemas enfrenta”, frisou Fidel de Pina.

Para o presidente da JPAI, a fundamentação de que a questão juventude é transversal e que abarca todos os ministérios, não justifica, porque, conforme defendeu, se a maior parte da população cabo-verdiana é jovem tem que haver uma entidade que se responsabilize pela classe juvenil.

“Se resolvermos os problemas da juventude, reduziremos a problemática da insegurança e outras questões que afectam a sociedade cabo-verdiana”, defendeu Fidel de Pina.

De acordo com o presidente da JPAI, houve um retrocesso no sector da juventude, “com grandes perdas”, sendo que por isso, exige-se uma resolução imediata para inverter o panorama actual.

“Em 2016 o desemprego registou um aumento para 15 por cento (%) em relação aos 12,4% do ano anterior”, indicou Fidel de Pina, apontando que na camada jovem ultrapassou os 30%, com o agravante de Cabo Verde ter cada vez mais jovens com formação pós-secundária, superior no desemprego.

“O rosto do desemprego em Cabo Verde, infelizmente, é jovem e a falta de solução para sua empregabilidade condigna traz-nos riscos e preocupações sérias”, conclui Fidel de Pina.

OM/FP

Inforpress/Fim