Jornalistas desportivos da Zona II capacitam-se no domínio do movimento olímpico em Bamako, Mali

 

Bamako, Mali, 11 Dez (Inforpress) – Os jornalistas desportivos da Zona II participam no Mali de um seminário promovido pela Associação dos Comités Nacionais Olímpicos Africanos (ACNOA), visando melhorar os conhecimentos no âmbito do movimento olímpico.

Com a duração de dois dias, o evento decorre no Complexo Desportivo de Bamako, infra-estrutura que acolhe o centro de treinamento da selecção nacional maliana de futebol, e conta com jornalistas desportivos em representação de Cabo Verde, Gâmbia, Guiné Bissau, Guiné Conacri, Mauritânia, Senegal, Serra Leoa e dos anfitriões do Mali.

A organização pretende fazer com que os jornalistas reforcem os seus conhecimentos a nível do olimpismo, visando uma ampla divulgação dos ideais do movimento olímpico, junto de uma vasta gama de população, de forma a sensibilizar o mundo para as causas nobres que norteiem o espírito do movimento olímpico.

Constitui ainda objectivo desta formação, dotar os participantes de informações sobre as componentes do movimento desportivo africano, facilitar os intercâmbios nas respectivas missões com o objectivo de controlar os papéis e as prerrogativas de cada parte e reforçar as capacidades dos jornalistas no tratamento de questões relativas ao olimpismo e a cobertura de grandes eventos desportivos africanos.

A formação conta com o envolvimento de jornalistas “experts”, sobretudo em matéria de comunicação, formadores de países integrantes da Zona II do Conselho Superior do Desporto em África, organização na qual Cabo Verde está inserida.

A cerimónia de abertura foi presidida pelo ministro do Desporto do Mali que enalteceu o contributo da imprensa especializada na propagação da divulgação dos acontecimentos desportivos em África, tendo considerado que actualmente a evolução do desporto no continente se deve em grande parte, aos ecos dos órgãos de comunicação social.

Diversas organizações internacionais africanas directamente ligadas à imprensa desportiva, como a Associação Internacional da Imprensa Desportiva (USSJA), a União Africana da Medicina Desportiva (UAMS), e União das Confederações Desportivas Africanas estão envolvidas neste evento.

Neste primeiro dia da conferência estão a ser abordados temas como “As componentes do Movimento Desportivo e Olímpico Africano”, “A Cobertura dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Africanos”, “Trocas em expectativas recíprocas CNO Imprensa Desportiva”.

O encerramento do seminário está previsto para esta terça-feira, sob a responsabilidade do presidente da Zona II da ACNOA, general Lassana Palenfo.

Cabo Verde está representado neste seminário pela responsável de comunicação do Comité Olímpico Cabo-verdiano, Carla Alfama e pelo jornalista da Inforpress, Simão Rodrigues, enquanto presidente da Comissão de Imprensa do COC.

Esta formação decorre num momento em que o Mali se prepara para organizar os Jogos Africanos da Juventude, que se realizam em 2018.

SR/FP

Inforpress/Fim