Japão espera participação ao mais alto nível de Cabo Verde na VII edição do TICAD

Cidade da Praia, 16 Abr (Inforpress) – O embaixador do Japão em Cabo Verde disse hoje esperar a participação ao alto nível do arquipélago na sétima edição da Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África (TICAD), que acontece em Agosto, no Japão.

Tatsuo Arai, que reside no Senegal e está de visita oficial a Cabo Verde, no quadro das relações de cooperação entre os dois países, fez essas declarações à saída de um encontro com primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, na Cidade da Praia.

Durante este encontro, disse que abordaram a questão da participação do Governo nesta conferência que decorre de 28 a 30 de Agosto, em Yokohama, Japão, e ainda a participação do sector privado.

Para o desenvolvimento de um país, assegurou que a colaboração dos sectores público e privado “é muito importante”, e, neste sentido, vão trabalhar com o Governo para que haja mais participação do sector privado neste evento.

Durante este encontro com o chefe do Governo foi feita ainda uma revisão da parceria existente entre Japão e Cabo Verde a nível económico, tendo em conta os projectos ligados à água, electricidade, protecção civil, e assistência alimentar.

No que tange ao Projecto de Assistência Alimentar (KR2017), informou que esta quarta-feira os dois países vão assinar acordos bilaterais e ainda será feita a entrega da ajuda alimentar.

“Cabo Verde sofre com as mudanças climáticas, por isso o Japão gosta de apoiar Cabo Verde e o povo cabo-verdiano. Vamos continuar essa assistência alimentar e amanhã vou assinar um acordo para a 43ª assistência alimentar para o país”, assegurou.

De realçar que o acordo de financiamento da implementação do Programa de Assistência Alimentar (KR2018) que vai ser assinado é no valor de 218.070.359 escudos, enquanto o de financiamento do programa de desenvolvimento económico e social é de 174.456.287 escudos.

Ainda no âmbito da sua visita ao arquipélago, Tatsuo Arai esteve na tarde de hoje na Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), onde proferiu uma palestra sobre “Ciência, Tecnologia e Inovação”.

Conforme referiu, a ciência e a tecnologia e a inovação “são muito importantes para superar vários desafios” e, no Japão, como estão muito desenvolvidos nessa área, querem partilhar com Cabo Verde as suas experiências e conhecimento neste domínio.

AM/CP
Inforpress/Fim