INE forma técnicos e delegados em amostragem análise de dados e qualidade

 

Cidade da Praia, 10 Jul (Inforpress) – O Instituto Nacional de Estatística (INE) iniciou hoje, na Cidade da Praia, uma formação de cinco dias em amostragem, análise de dados e qualidade, destinada a técnicos e delegados da instituição.

Na cerimónia de abertura, o vice-presidente do INE, Celso Ribeiro, disse que a produção de estatísticas “oportunas, fiáveis e comparáveis” pressupõe um aprimoramento contínuo das metalógicas e dos conceitos.

Neste sentido, indicou que a produção de estatísticas supõe as melhores práticas e técnicas, uma vez que o sistema de estatísticas tem uma demanda “enorme e de qualidade”.

“A preocupação fundamental não consiste apenas em produzir, mas também disponibilizar atempadamente e com qualidade”, frisou.

Por sua vez, a encarregada de Negócio da Embaixada espanhola, patrocinadora da formação, Alejandra Fuentes, salientou a importância da qualidade dos dados, enaltecendo o trabalho   que tem feito o INE neste particular.

Alejandra Fuentes apontou a cooperação entre o INE e a congénere espanhola na produção de dados de qualidade a nível ambiental, no sector da contabilidade nacional, assim como na política de género.

Em nota de imprensa, o INE considera “importante” essa formação porque o Sistema Estatístico Nacional (SEN) está a primar cada vez mais pela “qualidade e excelência” na produção de estatísticas oficiais.

Acrescenta que uma boa compressão e identificação das partes envolvidas nos indicadores são requisitos essências e de “extrema importância” para garantir essa qualidade, permitindo calcular corretamente os dados.

Neste âmbito, pretende, por um lado, reforçar a capacidade crítica de produção e análise de dados junto dos técnicos e, por outro lado, estar mais próximo da comunidade académica e de outras entidades produtoras de dados que não pertencem ao Sistema Estatístico Nacional.

OM/ZS

Inforpress/Fim