Ilha do Sal/Festival: Elji Beatzkilla e Djodje leva público ao rubro com dia bem claro

 

Santa Maria, 16 Set (Inforpress) – Elji Beatzkilla e Djodje levaram o público ao rubro e fecharam “em grande” o primeiro dia da XXVII edição do Festival da Praia de Santa Maria, este ano sob o signo “Com Bandeira Azul cuidamos do Sal”.

Com as actuações dos artistas Elji Beatzkilla e Djodje ficou concluído o primeiro dia do festival da Praia de Santa Maria, na manhã de hoje, que arrancou às 22:43, com um atraso de pouco menos de hora e meia, já que previsto para 21:00.

A Banda Municipal, associada à voz do Djilinha que interpretou a música “Ness mund um nascê”, deu o pontapé de saída para marcar o início do certame musical, tendo sido apreciada silenciosamente pelos festivaleiros, mas muito aplaudida no final do show.

Entra Maria Alice – cabeça de cartaz desta 27ª edição do Festival da Paria de Santa Maria – que ao seu estilo cativa os presentes num show para não esquecer, seguindo-se Cordas do Sol que arrasou com música de “Tintanton”, levantando a areia, sacudindo o público que cantava junto com a banda.

Após um compasso de espera, aceitável, muda-se o figurino com “Dance House”, colectivo constituído por Kino Cabral, Zé Delgado, Beto Dias, Gil Semedo, Grace Évora e Nando da Cruz, que também não deixaram seus dotes em mãos alheias.

Sai “Dance Hause” concedendo espaço a Elji Beatzkilla seguido de Djodje… e foi de arromba.

A maior parte dos entrevistados da Inforpress avaliou positivamente o primeiro dia de espectáculo musical de praia, esperando que hoje também seja “d’kel bom”, “melhor ainda”, já que vão entrar em cena “Veterância”, banda sénior formada por Maninho Almeida, Nhelas Spencer, Panota, Paton e Nelson Delgado, e “Ilha Onze” com a participação de vários artistas, designadamente Leonel Almeida, Jaqueline Fortes, Dany Silva, Diva Barros, e Jenifer Solidade.

“Golp d’ Letra” e “Young PC” entram de seguida, para depois Tralha Carnaval dar seu ar de graça.

Bulimundo, Paulo Gonzo, Dynamo, Gentleman e Loony Johnson são esperados com ansiedade tendo a responsabilidade de fechar a 27ª edição do Festival da Praia de Santa Maria com chave de ouro.

Contactado a Polícia Nacional, a Protecção Civil e a Cruz Vermelha, por volta das 10:00, nada havia acontecido de relevante, o que indica que se festejou com civismo.

SC/AA

Inforpress/Fim