Ilha do Sal: Câmara Municipal aumenta fasquia e atribui 550 contos para os grupos oficiais brincarem o Carnaval

 

Espargos, 10 Jan. (Inforpress) – A Câmara Municipal do Sal aumentou a fasquia e atribui 550 contos para os grupos oficiais brincarem o Carnaval 2018 na ilha turística, marcado este ano para o dia 13 de Fevereiro.

Gaviões, Maravilhas do Sul, Criola África – da zona de Alto Santa Cruz e Alto São João – e Patchê Parloa, são os quatro grupos carnavalesco tidos como oficiais, que este ano vão abrilhantar a festa do Rei Momo na ilha, cabendo a cada um a quantia de 550 contos, contra 500 do ano passado, para ajudar na confecção dos andores e outras peças.

Ao que parece, Horto Morro e Salgadim Doce, que já habituaram os salenses nessas andanças, não participam este ano no Entrudo.

Enquadrada “na gestão de proximidade”, a autarquia reuniu-se segunda-feira, 08, com os elementos dos respectivos grupos, visando traçar os objectivos que se pretende no Carnaval 2018, que está já à porta.

No encontro, foram discutidos diversos pontos considerados “importantes” para que o Carnaval da ilha do Sal se torne cada vez mais uma referência a nível local e nacional.

À semelhança dos anos anteriores, mais uma vez a autarquia está a apostar no Carnaval, onde os quatro grupos oficiais, entre outros de animação, vão movimentar a festa do Entrudo, na ilha turística, tanto na cidade dos Espargos como em Santa Maria.

A disputarem o primeiro lugar, o desfile carnavalesco deverá acontecer, como habitualmente, na Avenida do Morro Curral, nos Espargos, com o regresso do tradicional grupo “Maravilhas do Sul”, que há dois anos não saía, alegadamente, por problemas financeiros, falta de apoio dos operadores turísticos, e empresários na ilha.

SC/JMV

Inforpress/Fim