Ilha do Sal: 28ª edição do Festival de Santa Maria foi um sucesso – organização

Santa Maria, 16 Set. (Inforpress) – O presidente da comissão organizadora do Festival da Praia de Santa Maria, na ilha do Sal, que vinha decorrendo desde sexta-feira e terminou hoje, assegurou que esta 28ª edição foi “um sucesso a todos os níveis”.

O vereador da câmara municipal pela Gestão Descentralizada de Santa Maria, Hermínio Monteiro, que no final falava em declarações à Inforpress, disse que “tudo” o que se propôs para este festival “foi conseguido na perfeição”.

“Foi um sucesso a todos os níveis. Tudo que planificamos foi realizado na perfeição, desde a introdução dos copos ecológicos, escolha de artistas… foi um trabalho árduo mas que valeu a pena, porque gratificante, já que o resultado final foi satisfatório, deixando todo o mundo com água na boca, a pedir por mais”, exteriorizou.

Reiterando que o festival terminou “em grande”, Hermínio Monteiro disse ter ficado muito mais satisfeito ainda por ter sido um grupo nacional, longe dos palcos dos festivais há algum tempo, a encerrar o certame musical.

“Acabamos por resgatá-los, dando-lhes também oportunidade de participar nos festivais de Cabo Verde. Queremos cada vez mais melhorar o festival de Santa Maria. A cada ano imprimir melhor qualidade. É um desafio”, manifestou.

O responsável camarário concluiu apelando às pessoas no sentido da mudança de atitudes em relação à preservação ambiental, usando copos ecológicos não só no festival, que é de ano em ano, mas nos piqueniques, e em tudo que obriga e for necessário.

“A natureza e o meio ambiente agradecem. Queremos deixar um legado que é a consciencialização para com o meio ambiente”, finalizou.

A 28ª edição do Festival da Praia de Santa Maria, que este ano decorreu sob o lema “Uma nova consciência ambiental”, obrigou à utilização de copo ecológico e reutilizável, visando a mudança de atitudes e preservação ambiental, medida que teve impacto, já que por uma ronda ao areal, a Inforpress constatou que também hoje, no final do evento, o espaço mantinha-se limpo.

Desta feita, pretende-se com o maior evento cultural da ilha do Sal, organizado pela câmara municipal, transformar o Festival Internacional de Santa Maria numa “ferramenta pedagógica pujante”, capaz de defender e chamar a atenção do público para “causas importantes” para o bem comum, como a problemática do ambiente.

No concernente à segurança, foi disponibilizado um contingente de 160 agentes no terreno durante estes dois dias de festa contando, à semelhança dos anos anteriores, com a participação dos militares a par do envolvimento de uma equipa de segurança privada de forma a garantir maior segurança e tranquilidade às pessoas.

Contactadas, as autoridades policiais asseguraram que o festival pautou pelo civismo não tendo sido registado nenhum caso de relevo.

SC/ZS

Inforpress/Fim