Ilha do Maio participa no XVI Encontro das Cidades da Rede Cultural Sete Sóis Sete Luas

Porto Inglês, 30 Mar (Inforpress) – O município do Maio participa, pela primeira vez, no Encontro das Cidades da Rede Cultural Sete Sóis Sete Luas, que decorre sexta-feira, em Ponte de Sôr, Portugal.

Segundo o director cultural do festival Sete Sóis Sete Luas, Markos Abbondanza, a ilha vai se fazer representar na XVI edição do certame com a sua gastronomia, através da chefe de cozinha do Centro do Maio, a “chef Su”.

A representante da ilha foi escolhida num leque de formandas que saíram de várias acções de formação ministradas por especialistas que vieram da Europa para o efeito, durante as quais a formanda destacou-se como a que mais estava preparada para liderar o grupo.

Para Markos Abbondanza, o encontro é uma “grande montra” para ilha apresentar as suas potencialidades no ramo da gastronomia, tendo em conta a presença de representantes de 25 cidades de 13 países, nomeadamente Brasil, Cabo Verde, Croácia, Espanha, França, Grécia, Israel, Itália, Marrocos e Portugal.

O evento contará ainda com a presença dos presidentes das câmaras municipais de todas as cidades integrantes da rede, bem como dos embaixadores dos respectivos países.

“A chef Su irá realizar um laboratório de gastronomia, assim como apresentar alguns pratos durante o jantar de gala que vai se realizar amanhã, 31 de Março”, explicou Markos Abbondanza.

Para chefe Su, é uma “grande responsabilidade” representar a ilha do Maio neste evento, pelo que promete fazê-lo “com dignidade”.

A Rede Cultural Sete Sóis Sete Luas é composta por 33 cidades de 13 países do mediterrâneo e mundo lusófono. Tem como principal objectivo promover o diálogo intercultural e divulgar a cultura e potencialidades das localidades/países participantes, que em conjunto promovem o Festival Sete Sóis Sete Luas.

WN/CP
Inforpress/Fim