Ilha do Maio acolhe hoje a primeira feira do gado destinada aos criadores, açougueiros e revendedores de animais

Porto Inglês, 17 Jan (Inforpress) – A ilha do Maio acolhe hoje a primeira feira do gado, iniciativa do Ministério do Ambiente e Agricultura, destinada aos criadores, açougueiros e revendedores de animais, na âmbito do plano da mitigação da seca e do mau agrícola.

Segundo a delegada do Ministério do Ambiente e Agricultura, Teresa Tavares, o evento visa ainda “criar uma ponte” entre os açougueiros, revendedores de animais e criadores no sentido de ajudar estes últimos a terem a possibilidade de reduzir o seu efectivo.

“Devido a pequenês do mercado do Maio, estamos a divulgar esta feira na ilha de Santiago e, como na quarta-feira é o dia em que temos a ligação marítima Praia/Maio/Praia, estamos a contar com a participação dos açougueiros e revendedores da ilha de Santiago, para além dos locais”, concretizou a mesma fonte.

Para aquela responsável, é fundamental que os criadores comecem a fazer o “abate selectivo” dos seus animais, afim de evitarem “constrangimentos maiores”  nesta época em que o país está a ser fustigado pela seca e pelo mau ano agrícola.

Durante a  feira que vai decorrer no polivalente municipal, a partir das 10:00, os participantes vão poder comprar o queijo que se produz na ilha, mesmo numa época em que se está a produzir pouco leite, garantiu a delegada.

WN/AA
Inforpress/Fim