Ilha do Fogo: Membros da Comissão Especializada Parlamentar visitam a ilha para conhecer constrangimentos e desafios

São Filipe, 05 Jul (Inforpress) – Os membros da Comissão Especializada de Economia Ambiente e Ordenamento do Território iniciaram hoje uma visita de quatro dias à ilha do Fogo para inteirar dos constrangimentos e desafios nessas áreas.

A visita, segundo uma nota de imprensa a que a Inforpress teve acesso, tem por objectivo, acompanhar o dia-a-dia da população do Fogo e conhecer “in loco” os avanços, constrangimentos e desafios de sectores como o turismo, a pesca, a agricultura, a pecuária, o comércio, habitação, energia e água.

Além disso, com a visita dos membros desta comissão, presidida pelo deputado Luís Carlos Silva, se pretende conhecer, de uma forma global, o estado ambiental e o desenvolvimento socioeconómico da ilha, de modo a permitir aos membros da Comissão sentir o pulsar do desenvolvimento da ilha, o impacto de algumas medidas delineadas pelo Governo, na vida das pessoas dos três municípios da Ilha.

Durante a visita estão programadas audiências com os presidentes das câmaras de São Filipe, Mosteiros e Santa Catarina do Fogo, assim como visita a algumas instituições do Estado e privados, como a Delegação da Agricultura e Ambiente, Parque Natural do Fogo, algumas praias, pensões, de entre outros.

Os membros da Comissão vão estar na sexta-feira nos municípios dos Mosteiros e de Santa Catarina do Fogo e sábado e domingo no município de São Filipe e parte de Santa Catarina com passagem pela estância balnear de Salinas, visita à adega provisória, instalações turísticas e projecto de abastecimento de água a população de Chã das Caldeiras.

Está também agendado um encontro com a equipa do projecto de conservação de tartarugas marinhas “projecto vitó”, visita à a praia de Fonte Bila, onde se faz a extracção de areias, acompanhado do delegado da Agência Marítima Portuária.

Da mesma forma, o grupo terá encontro com a Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) e com presidentes das câmaras e das assembleias e eleitos municipais, visita a empresa de distribuição de água, Águabrava.

JR/FP

Inforpress/Fim