Ilha do Fogo: Manuel Augusto Dias Mendes disponível para enfrentar Pedro Pires na corrida à presidência da Associação Regional de Futebol

São Filipe, 06 Set (Inforpress) – A Associação Regional de Futebol do Fogo (ARFF) vai reunir-se em assembleia-geral no próximo mês de Outubro para eleição dos novos órgãos directivos e Manuel Augusto Dias Mendes está disponível para enfrentar Pedro Pires na corrida à presidência da Associação.

Manuel Augusto Dias Mendes “Agostinho”, professor diplomado em Filosofia e actual assessor do edil de São Filipe, disse que a sua candidatura está de pé e que neste momento ultima a composição da lista com afectação de pessoas a diferentes órgãos da ARFF.

Em declarações à Inforpress, a mesma fonte adiantou que a sua candidatura, que visa “resgatar o futebol da ilha”, aposta na organização e na melhoria da prestação e da qualidade do futebol, quer a nível regional quer nacional.

Segundo o mesmo, a sua candidatura é “para ganhar”, destacando que os contactos e apoios recebidos das equipas do primeiro e do segundo escalões demonstram alguma vantagem para assumir a liderança da associação regional de futebol e, consequentemente, “resgatar a dignidade” do futebol da ilha.

O actual presidente da direcção da Associação Regional de Futebol do Fogo, Pedro Fernandes Pires, que está à frente desta organização há pelo menos seis anos, de forma ininterrupta, também já manifestou a intenção de se recandidatar para mais um mandato.

Manuel Augusto Dias Mendes não teme a recandidatura de Pedro Pires, indicando que a desorganização e a situação vivida pelo futebol da ilha por si só serviria para os clubes não renovarem a confiança no actual presidente.

Segundo este candidato, “eticamente ele (Pedro Pires) não devia recandidatar-se, devido ao mau trabalho realizado na associação, por não ter estado a prestar contas aos clubes filiados, pela desorganização na realização das provas regionais e pela confusão entre os próprios órgãos da associação”.

Explicou que estas situações deviam funcionar como factor impeditivo para a hipotética candidatura do adversário Pedro Pires.

Manuel Augusto Dias Mendes promete dar voz às equipas do primeiro e segundo escalões, maior e melhor organização, prestação de contas.

Recorde-se que estão filiadas na ARFF um total de 22 equipas, sendo dez do primeiro escalão e 12 do segundo escalão e para ganhar as eleições os candidatos precisam de apoio de, no mínimo, 12 equipas.

Já o actual presidente, Pedro Pires, confirmou à Inforpress que vai se recandidatar, porque, sublinhou, tem a confiança da maioria dos clubes da ilha do Fogo, observando que no universo de 22 equipas já tem garantias de pelo menos 14 equipas.

JR/JMV

Inforpress/Fim