Ilha do Fogo: Afosol ultima implementação de micro-projecto no sector da pesca orçado em 800 contos

São Filipe, 29 Mai (Inforpress) – A Associação Fogo Solidário (Afosol), que funciona na base de voluntariado e na perspectiva de criar um ambiente mais justo, está a ultimar a implementação de micro-projecto no sector da pesca, orçado em cerca de 800 contos.

Segundo o presidente do conselho directivo desta organização não-governamental, Eugénio Veiga, o valor será aplicado na aquisição de dois motores para embarcação de pesca, sendo um de oito cavalos e outro de cinco,n a reparação de três botes e aquisição de engenhos de pesca para apoiar os pescadores da cidade de São Filipe.

Esta acção vem na sequência de outras realizadas, através de recursos mobilizados para fomento de dinâmicas sociais, económicas e comunitárias, junto do Governo de Cabo Verde (então Ministério da Juventude), Embaixadas de Austrália, em Portugal, da Alemanha, em Dakar (Senegal) e da receita resultante de eventos realizados nos Estados Unidos da América em 2015 e 2017.

A formação “on job” no domínio de carpintaria a favor de três jovens, a dinamização da pesca artesanal, melhoria do sistema de captação de água em Curral Fumo (norte alta), transformação de frutas em Monte Grande a favor dos deslocados da erupção vulcânica de 2014-15 são algumas das acções já desenvolvidas.

A construção e reabilitação de duas moradias sociais (Pé de Campo e Patim), assim como projectos em curso no sector da pesca e de criação de galinhas poedeiras são outros feitos da organização.

A nível da ilha Brava, segundo o presidente do conselho directivo do Afosol, Eugénio Veiga, está em curso dois projectos, um no sector da pesca para pescadores de Furna, e outro no domínio de pecuária, raças melhoradas na zona de Lém.

JR/JMV

Inforpress/Fim