Ilha Brava: Festival de música e entrega de troféus encerram festas de Nossa Senhora da Graça  

Nova Sintra, 16 Ago (Inforpress) – Jorge Neto, Jay, Mito Kaskas, C James, Irmãos Unidos, entre outros artistas, desfilaram quarta-feira pelo palco de Nossa Senhora do Monte, pela celebração da Santa Padroeira e do terceiro aniversário da elevação desta localidade à categoria de vila.

As actuações musicais estavam previstas para dois dias, mas devido à chuva que caiu na madrugada do dia 14, a maioria das actuações ficou para o dia 15.

Jorge Neto levou o público ao delírio com os seus temas habituais e com o seu estilo que lhe é característico no palco.

O cantor manifestou-se “satisfeito” com a reacção do público, demostrando sempre o “prazer enorme” que sente em actuar no país.

“Até porquê, a minha actuação estava programada para o dia anterior, mas com os desígnios de Deus ninguém brinca”, diz Neto, adiantado que não sentiu diferença nenhuma, pois o público que teve durante o espetáculo fez-lhe sentir-se “em casa”.

Mito Kaskas deu continuidade ao espectáculo, fazendo o público vibrar e cantar com ele temas como “Boss Presidente”, “Txeru Maleta”, entre vários outros temas.

Kaskas diz ser um artista da casa, visto que participa em várias actividades realizadas na ilha Brava.

Os artistas locais e do Fogo, que actuaram no palco de Nossa Senhora do Monte, também tiveram nota positiva por parte do público.

A organização aproveitou o momento de festa para fazer a entrega dos troféus desportivos, às equipas vencedoras. Actividades estas que foram realizadas durante os preparativos da festa.

Francisco Tavares, presidente da Câmara Municipal da ilha Brava, fez um balanço positivo em torno de todas as actividades realizadas para estas comemorações .

“Apesar de ter tido alguns problemas logísticos, conseguimos soluccioná-los logo, continuando o evento a decorrer na normalidade”, salientou.

Sobre às festas de Nossa Senhora da Graça e do terceiro aniversário da elevação desta localidade à categoria de vila, disse que a autarquia encerra as actividades com o “sentimento de dever cumprido “.

As pessoas entrevistadas pela Inforpress também deram “nota positiva” à organização, mas reclamaram da falta de uma cobertura no polivalente onde são realizadas as actividades.

Com o encerramento da festa de Nossa Senhora da Graça termina, assim, um leque de festas religiosas e tradicionais da Brava, que iniciaram no dia 13 de Junho com às celebrações de Santo António.

MC/CP

Inforpress/Fim