Governo promete reforçar todos os meios para melhorar a capacidade de resposta dos Bombeiros Municipais da Praia

Cidade da Praia 25 de Ago (Inforpress) – O ministro da Administração Interna afirmou hoje que o Governo vai continuar a envidar esforços para que todos os meios sejam colocados à disposição dos Bombeiros Municipais da Praia, visando melhorar a capacidade de respostas desta corporação.

Paulo Rocha fez estas declarações à Inforpress, à margem da cerimónia da comemoração dos 40 anos da criação do Corpo dos Bombeiros da Praia, realizada hoje, na Cidade da Praia, tendo na ocasião enaltecido o desempenho dessa instituição na prestação de socorros.

Para este governante, a comemoração dos 40 anos da existência da corporação reforça o espírito da colectividade que, no seu entender, tem uma confiança grande da população da Cidade da Praia nos soldados da paz que têm conseguido dar respostas às situações de riscos, com “muito bons” resultados.

Conforme disse, o Governo e a Câmara Municipal da Praia estão a trabalhar de forma articulada sobre a melhoria de condições operacionais, com enfoque na criação de uma central dos Bombeiros Municipais, de forma a dar respostas em todos os pontos da ilha e com menor tempo de reacção.

“Há uma articulação forte entre o ministério e a câmara municipal, no sentido de criar mais e melhores condições, não só em termos de meios, mas também em termos orgânicos estatuários há uma série de questões que tem sido discutida para que todos os meios sejam disponibilizados à corporação”, afirmou.

Lembrou, por outro lado, que o Governo, através do Ministério da Administração Interna, tem trabalhado no sentido de melhorar as condições de serviços de todos os bombeiros municipais, dotando-os de mais meios materiais.

“Temos vindo a apoiar as câmaras municipais com meios. Recentemente, oferecemos viaturas de combate a incêndio a algumas ilhas, nomeadamente , São Vicente, Santo Antão, Sal e Santa Catarina do Fogo, porque esta é a aposta de apoiar, gradualmente, com meios e com todas as condições necessárias”, referiu.

Por seu turno, o presidente da Câmara municipal da Praia, Óscar Santos, afirmou que 40 anos após a criação dos corpos dos Bombeiros Municipais os resultados alcançados são significativos, sublinhando, entretanto, que os desafios ainda são enormes e que há necessidade de uma nova abordagem em termos organizacionais da corporação.

A população da Cidade da Praia, conforme referiu o autarca, tem aumentado progressivamente, salientando que isto significa que a corporação tem de estar preparada para actuar preventivamente.

“Temos que actuar, fortemente, em acções de formações, isto para alargar mais capacidades de intervenção dos bombeiros municipais. Perspectivamos construir uma central dos bombeiros em Achada Grande Trás. Mas carecemos ainda de mais formações e de meios materiais para podermos apoia, r não só a cidade da Praia, mas também outros municípios da ilha de Santiago, em situações de emergência”, asseverou.

CM/JMV

Inforpress/Fim