Governo manifesta “total engajamento” de Cabo Verde nos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020

 

Cidade da Praia, 16 Dez. (Inforpress) – O Governo manifestou todo o seu engajamento no sentido de contribuir para que Cabo Verde tenha uma representação condigna nos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020, alegando mesmo que o executivo está determinado na criação de melhores condições.

O ministro do Desporto assumiu este compromisso, na sexta-feira, no acto da tomada de posse dos novos órgãos sociais do Comité Olímpico Cabo-verdiano, COC, para o quadriénio 2017/2021, tendo destacado a importância da filosofia do jogo limpo para que os valores do olimpismo possam prevalecer na sociedade cabo-verdiana.

Fernando Elísio Freire considerou na ocasião ser importante que toda a sociedade saiba o significado dos valores de “ganhar e perder, a honestidade do jogo limpo, o trabalho da equipa”, destacando serem valores muitos importantes e que precisam ser bem incutidos no seio de toda a sociedade, sobretudo a desportiva.

Asseverou que o executivo está a montar os centros de alto rendimento na Cidade da Praia e projecto idêntico em São Vicente, no sentido de criar condições, cada vez melhores, para uma grande participação de Cabo Verde nos Jogos Olímpicos e na melhoria da prestação das federações.

O governante manifestou a sua satisfação pela “entrada de outras lideranças no desporto”, o que a seu ver irá contribuir para aumentar a qualidade desportiva e os níveis de gestão do “saber fazer”, o que o mesmo considera de muito importante para a afirmação do desporto.

Augurou votos de sucessos e trabalho conjunto no sentido de contribuir para que o desporto possa ser um elo de inclusão social muito forte e, acima de tudo, um factor de afirmação de Cabo Verde no mundo, “com homens e mulheres cosmopolitas, com valores”, de modo que Cabo Verde possa ser, cada vez mais, um país melhor”.

Refira-se que o Comité Olímpico Cabo-verdiano continua a ser dirigida pela professora Filomena Fortes, que, entretanto está a frente de uma equipa dirigida por novos integrantes, na sua maioria presidentes das federações desportivas.

SR/JMV

Inforpress/Fim