Governo enaltece “excelente trabalho” da SCM na gestão e homenagem a figuras da música

Cidade da Praia, 17 Abr (Inforpress) – O ministro da Cultura enalteceu a forma como a Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM) “tem feito um excelente trabalho”, na gestão dos fundos, sobretudo pela forma como homenageia grandes figuras da música cabo-verdiana.

Abraão Vicente sublinhou, igualmente, a sua satisfação pelo modo como a SCM gere os fundos que lhe são atribuídos anualmente pelo Ministério da Cultura que hoje estão “próximos dos 10 mil contos”.

O governante, que marcou presença na gala “Noite de Autores”, realizada na Praça Luís de Camões, no Platô, em comemoração ao Dia Mundial do Direito do Autor,  e homenageia a cantora, compositora e historiadora Celina Pereira, considerou “muito importante este acto de reconhecimento”, ainda mais pela galardoada estar a passar por momentos difíceis.

O ministro, que se mostrou rendido à qualidade do espectáculo, disse que apesar dos CVMA, “é importante que uma sociedade de gestora, ou que as sociedades de gestoras continuem a fazer” eventos marcantes deste nível.

A segunda edição da Noite de Autores foi realizada pela SCM e contou com a presença de uma grande moldura humana que foi brindada por artistas de referências como Gil Semedo, Beto Dias, Bitori Nha Bibinha, Arlindo Évora, Ceuzani, Neuza, Jenifer Solidade, Rosa Borges e Mirandela Soares.

A singularidade desta “Noite de Autores” foi que cerca de  70 por cento das músicas apresentadas nesse concerto foram interpretadas pelos próprios intérpretes e autores, uma forma inédita encontrada por esta organização em Cabo Verde para brindar a música e a cultura.

Trata-se de uma filosofia implementada pela SCM, enquanto defensora dos direitos conexos e de autor.

SR/JMV

Inforpress/Fim