Governo e Massachusetts Maritime Academy assinam em 2018 protocolo de formação de militares

 

Cidade da Praia, 28 Set (Inforpress) – O Governo de Cabo Verde e a Massachusetts Maritime Academy dos Estados Unidos da America (EUA) já acordaram assinar no primeiro trimestre de 2018, um protocolo de formação de fuzileiros e agentes da Guarda Costeira.

A informação foi avançada pelo gabinete de comunicação do Governo, que explicou que o entendimento é resultado da visita que o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, fez à Massachusetts Maritime Academy, esta quarta-feira, 27, no âmbito da sua primeira deslocação oficial aos EUA como chefe do Executivo cabo-verdiano.

O objectivo da visita àquela universidade visa promover uma maior articulação com a mesma, no sentido de definir um quadro de colaboração para formações, ao mais alto nível, dos jovens cabo-verdianos, dando-lhes oportunidades e experiências a nível profissional, assim como acesso a cursos de master de alta gestão.

“Ficou acordado já no primeiro trimestre do próximo ano, o Governo assinar um protocolo para formação, ao mais alto nível, de fuzileiros e agentes da Guarda Costeira”, avançou a mesma fonte, justificando que o foco estará na capacitação e gestão de todo o sector de segurança e vigilância marítima.

As áreas relacionadas com os sistemas fiáveis de segurança, particularmente da protecção, resgate em situação de naufrágios, e outros contextos, tendo em conta a larga Zona Económica Exclusiva (ZEE) de Cabo Verde, também será abrangida.

Nesta mesma linha, o Governo disse que uma missão da Massachusetts Maritime Academy deverá visitar Cabo Verde, “brevemente”, visando o estreitamento das cooperações e a possibilidade de apoiarem o país na realização de acções e exercícios conjuntos com a Guarda Costeira.

Nesta quarta-feira, o primeiro-ministro que se encontra nos Estados Unidos da América desde o dia 18 de Setembro, teve a oportunidade, também, de visitar as universidades da US Navy Academy e a Bridgewater State University.

Em relação à Bridgewater State University e tendo em conta que já colabora com o país, há vários anos, através da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), o Executivo avançou a possibilidade de alargar essa parceria, por forma a que àquela universidade possa receber mais estudantes cabo-verdianos.

Nesta sua deslocação EUA, Ulisses Correia e Silva já representou Cabo Verde na 72ª Sessão da Assembleia e tem mantido vários encontros bilaterais com homólogos de vários países da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), além de audiências com altas individualidades norte-americanas e reuniões com as comunidades cabo-verdianas radicadas nesse país.

Entretanto, esta quarta-feira reuniu-se com o Mayor de New Bedford, com quem analisou várias oportunidades de negócios entre as ilhas de Cabo Verde e esta cidade à beira mar e que alberga um dos cais de pesca mais importantes dos Estados Unidos.

De acordo com o programa de visita, no dia 30 de Setembro o primeiro-ministro participa da I  Gala Cabo Verde Sucesso, em Boston.

DR/FP

Inforpress/Fim