Governo considera que Santo Antão está diferente graças ao programa de recuperação dos estragos em 2016

 

Porto Novo, 16 Nov (Inforpress) – A ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, declarou, hoje, no Porto Novo, que Santo Antão está “diferente para melhor” com a recuperação da maior parte das estradas, no âmbito do programa de recuperação desta ilha.

Santo Antão, que foi fustigada pelas cheias em 2016, que danificaram as principais infra-estruturas rodoviárias e hidro-agrícolas, foi alvo, a partir de Fevereiro deste ano, de um programa de recuperação dos danos, estimados em 750 mil contos, montante financiado pela União Europeia (EU).

“Neste momento, a situação em Santo Antão é diferente, com a realização de uma boa parte das obras previstas no quadro do programa de recuperação”, sublinhou a ministra, admitindo, porém, que “há ainda outras situações que serão resolvidas a seu tempo”.

Eunice Silva falava no final de uma visita de dois dias a Santo Antão de uma delegação chefiada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Felipe Tavares, integrada ainda pelos embaixadores dos países membros da União Europeia acreditados em Cabo Verde.

Os autarcas santantonenses fizeram “um balanço extremamente positivo” da missão, que permitiu ao Governo e aos embaixadores da UE em Cabo Verde se inteirarem do programa de recuperação de Santo Antão.

O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo disse que essa missão deixou a ilha Santo Antão satisfeita pelo impacto que o programa teve para esta região em termos de recuperação das infra-estruturas, mas também pela geração, durante esses meses, de cerca de duas centenas de postos de trabalho.

JM/JMV

Inforpress/Fim