Futebol: Mário Semedo contacta clubes e associações de Santo Antão e São Vicente

Mindelo, 12 Out (Inforpress) – O candidato a presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) Mário Semedo desloca-se esta sexta-feira às ilhas de Santo Antão e São Vicente, para contactos com associações e clubes e para a primeira apresentação pública da candidatura.

Semedo protagonizou na quarta-feira, 11, para a comunicação social, o anúncio público da sua candidatura à presidente da FCF, na Cidade da Praia, cujo escrutínio está marcado para o dia 28.

O candidato disse à Inforpress que esta sexta-feira estará em Santo Antão para contactar clubes e as duas associações de futebol da ilha.
Ainda na noite de sexta-feira, no regresso de Santo Antão, Mário Semedo e equipa deve reunir-se, em São Vicente, com os clubes e a associação locais, ficando a primeira apresentação pública da candidatura agendada para as 11:00 de sábado, 14, na cidade do Mindelo.

Na apresentação devem marcar presença nomes confirmados na lista de Mário Semedo, entre eles Gerson Melo, Inácio de Carvalho, Rui Évora, Joel Barros, Lito Semedo e Paulo Santos, entre outros.

Em conferência de imprensa, quarta-feira, na Cidade da Praia, Mário Semedo assegurara ter o ”apoio incondicional” de seis das 11 associações regionais, e que, por isso, se mostra “seguro na vitória” da sua equipa para gerir a federação nos próximos quatro anos.

Mário Semedo considerou na ocasião que, por tudo o que fez, juntamente com a sua equipa para que a FCF se tornasse numa “instituição credível”, a nível nacional e a escala internacional, e pelo “sentido de responsabilidade e condição de dirigente desportivo e intervenções públicas”, tem o “dever de salvaguardar e defender” o nome da instituição que, sustentou, muito ajudou a construir.

Recentemente, Mário Semedo foi nomeado pela Confederação Africana de Futebol (CAF) para integrar a comissão permanente para a organização da Copa de África das Nações’2019, que considerou tratar-se de “um prémio” para o futebol cabo-verdiano.

Mário Semedo volta a candidatar-se à presidência da FCF, cargo que ocupou durante 16 anos, tendo sido, em 2015, substituído pelo jurista Victor Osório, que viria a ser destituído em assembleia-geral extraordinária convocada pelas associações regionais.

AA/JMV

Inforpress/Fim