Federação Cabo-verdiana de Futebol aprofunda contactos junto da FIFA e CAF

 

Cidade da Praia, 02 Jan (Inforpress) – A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) está a aprofundar os contactos com as instâncias desportivas internacionais, como a FIFA e a Confederação Africana de Futebol (CAF), numa estratégia de reaproximação instituições que gerem o futebol africano e mundial.

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, Mário Semedo, avançou à Inforpress que contactos permanentes estão a ser encetados com os responsáveis destas instituições, tendo para o efeito a FCF sido representada pelos vice-presidentes Gerson Melo e Inácio Carvalho recentemente numa conferência sobre o futebol internacional no Egipto.

Trata-se, de acordo com a fonte, de uma oportunidade aproveitada para encetarem contactos com responsáveis desta confederação, de entre outras missões específicas, de modo que o futebol cabo-verdiano consiga estar por dentro de todo o dossiê e projectos dos organismos internacionais.

Semedo disse que os passos para esta reaproximação já foram iniciados com a vinda do director do Departamento dos Projectos de Desenvolvimento da FIFA e responsável pelas federações africanas junto deste organismo máximo do futebol mundial, Veron Mosengo Omba, que esteve no país com o propósito de inteirar-se dos projectos executados e em fase de implementação nas ilhas de Santiago, São Vicente e Sal.

Veron Omba veio ainda ao arquipélago com a missão de conhecer a realidade desportiva de Cabo Verde, particularmente do futebol, pelo que teve encontros com a direcção da FCF, com o ministro do Desporto e diversos “stakeholders” do futebol cabo-verdiano.

Em relação à selecção nacional principal, anunciou a realização de alguns jogos amigáveis, caso haja oportunidades, para fazer rodar a equipa nacional, uma vez que os jogos de qualificação para o Campeonato Africano das Nações’2019 só serão retomados em Setembro, face às últimas alterações da CAF.

Com este adiamento do Comité Executivo da CAF, a pedido das equipas africanas que estarão no Mundial 2018, na Rússia, o jogo Lesoto x Cabo Verde inicialmente programado para Março só se realiza em Setembro do ano em curso.

No quadro da homenagem à primeira participação de sempre da selecção de Cabo Verde no CAN’2013, a FCF pretende também laurear a primeira selecção de Cabo Verde que foi constituído há 40 anos, assim como homenagear a primeira conquista internacional de futebol, já que há 18 anos Cabo Verde ganhou a Taça Amílcar Cabral, efeito concretizado em Maio de 2000.

Para Semedo, trata-se de um reconhecimento do mérito das pessoas e das organizações que têm contribuído para a promoção do desenvolvimento do futebol nacional.

SR/ZS

Inforpress/Fim