Emissão da Televisão Digital Terrestre chega à localidade de Lagoa em São Domingos (c/áudio)

Cidade da Praia, 13 Abr (Inforpress)- Cerca de 30 famílias vulneráveis da localidade de Lagoa, São Domingos, foram hoje comtempladas com receptores box para aceder ao serviço das primeiras emissões da Televisão Digital Terrestre (TDT), naquela zona.

A cerimónia de inauguração do sistema de transição das transmissões analógicas para digital, que decorreu está manhã, foi presidida pelo presidente da Cabo Verde Broadcast (CVB), Luís Ramos, e o presidente da Câmara Municipal de São Domingos, Clemente Garcia.

Na ocasião, Luís Ramos mostrou-se confiante que com essas primeiras emissões da Televisão Digital Terrestre irá se resolver o problema de acesso da população a este serviço nesta zona, que sempre teve dificuldade na recepção da televisão.

Segundo avançou, a localidade de Lagoa tem cerca de 400 moradores e foram beneficiadas cerca de 32 famílias mais vulneráveis com um receptor box que lhes permita aceder ao serviço da TDT e sinais de televisão.

“Apesar de haver algumas dificuldades relacionadas com atraso, o balanço é positivo. Já temos uma cobertura na ilha de Santiago bastante satisfatória, o Maio está praticamente 100% coberto, seguido de Sal e São Vicente. Na ilha do Fogo, no concelho de Santa Catarina e Mosteiros e no Porto Novo tem tido também uma boa cobertura através de São Vicente”, explicou.

Acrescentou que neste momento uma equipa técnica está em São Nicolau a fazer a instalação da TDT, e uma outra se encontra em Santo Antão e Fogo, tendo realçado que estão a trabalhar para que no final deste ano todas as ilhas tenham acesso a Televisão Digital Terrestre.

Por seu turno, o presidente da Camara Municipal, Clemente Garcia, mostrou-se satisfeito com a chegada a TDT ao seu município , uma vez que vai permitir a população da localidade de Lagoa o acesso a informações e ficar mais conectada com o mundo.

“Em termos de comunicação vamos atingir 100% de cobertura, uma vez que este serviço abrange também a localidade de Água de Gato, Nora, Saco, Veneza, sendo que são zonas que tinham grandes dificuldades no acesso à informação”, indicou.

Em nome dos beneficiários, Albertina Gomes Sena manifestou a sua satisfação e contentamento pela chegada da Televisão Digital Terrestre à sua localidade, uma vez que vai lhe permitir ficar mais informada sobre o que se passa no país e além fronteiras.

AV/JMV

Inforpress/Fim