beylikdüzü escort

Embaixada dos EUA lança programa Mandela Washington para Jovens Líderes Africanos 2018

 

Cidade da Praia, 13 Set (Inforpress) – A Embaixada dos EUA em Cabo Verde lançou hoje, na Cidade da Praia, o programa Mandela Washington para Jovens Líderes Africanos 2018, (YALI, na sigla em inglês), com previsão de selecção, este ano, de seis jovens.

Ao contrário de 2017, em que foram disponibilizadas mil vagas para África e Cabo Verde foi beneficiado com oito jovens líderes de várias ilhas do arquipélago, este ano o programa, segundo a ministra Conselheira da Embaixada, Marissa Scott, irá oferecer cerca de 700 bolsas e seis estão destinados para Cabo Verde.

“É um programa muito custoso e ronda cerca de 20 milhões de dólares a cada ano para o governo americano e não é tão fácil arrecadar dinheiro, principalmente do Congresso nesses dias”, justificou a diplomata, numa alusão às razões da diminuição do número de bolsas.

O programa, criado pelo antigo presidente Barack Obama, tem como objectivo mostrar aos jovens africanos o que é quê podem trazer para os seus países, em liderança cívica, empreendedorismo e administração de empresas, informou.

Nos últimos dias, a administração de Donald Trump tem anulado alguns programas da governação do antigo presidente Barack Obama, e, questionada sobre a continuidade do programa Mandela Washington para Jovens Líderes Africanos, Marissa Scott disse acreditar que este “tem tudo para continuar”.

“Mas como temos uma nova administração não podemos prever o futuro, mas vamos fazer tudo o possível para termos algo que sempre acompanhe o programa como Yale”, enfatizou.

Caso este seja cancelado, a ministra conselheira da embaixada assegurou que os jovens cabo-verdianos podem recorrer a outros programas disponibilizados pelo Governo americano.

Este ano, os jovens não foram recebidos pelo presidente Donald Trump, gesto que deixou alguns deles “frustrados”, disse Márcio Brito, um dos participantes.

“Foi uma experiência extraordinária e proveitosa, mas alguns dos participantes ficaram frustrados pela não comparecência do presidente na cimeira, mas houve representantes do departamento do Estado durante o seminário”, disse.

Para além de Márcio Brito, integraram a delegação cabo-verdiana os jovens Jeremias Tavares, Isanilda Soares, Celeste Fortes, Hermínio Monteiro, Márcio Brito, Edson Silva, Cristina Duarte e Pedro Lopes

Esta é quinta participação de Cabo Verde no Mandela Washington para Jovens Líderes Africanos e que já levou 15 jovens de Cabo Verde aos EUA

AM/AA

Inforpress/Fim

 

Modüler Bölme Duvar Cam Bölme Duvar Jaluzili bölme duvar Jaluzili cam bölme Çocuk odası Çocuk genç odası Çocuk odası Diş polikliniği dekorasyonu ssd vds Ofis dekorasyonu İç mimari dekorasyon Ofis dekorasyonu