Cidade da Praia, 20 Mar (Inforpress) - Trinta "quadros-chave" de instituições públicas iniciaram hoje, na Cidade da Praia, uma acção de formação que integra cursos de pequena duração e workshops em Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e Governação Electrónica (eGOV).

A formação é promovida no âmbito do Projecto de Apoio à Melhoria da Qualidade e da Proximidade dos Serviços Públicos nos PALOP e Timor-Leste – Formação Transversal Localizada em Cabo Verde e destina-se aos “quadros-chave” de instituições públicas, que são fundamentais na execução da política nacional de eGOV e no desenvolvimento das TIC no arquipélago.

Em declarações à imprensa, o coordenador geral do projecto, Gonçalo Trindade, informou que em Cabo Verde vão ser realizadas duas sessões de formação transversal na área de protecção dos dados da segurança de informação e também no sector de tratamento de “grandes quantidades” de informação.

Esta formação, realizada em parceria com a Universidade do Minho, vai permitir os participantes retirar dos formadores aquilo que eles precisam sobre a matéria em discussão, sublinhou Gonçalo Trindade.  

A estratégia desta acção formativa assenta na promoção da compreensão dos conceitos base associados ao eGOV e às TIC, estimulando a consciência crítica sobre as diferentes abordagens ao tema, através da reflexão sobre os principais desafios que lhe estão subjacentes e as técnicas de monitorização e avaliação necessárias para controlar a implementação de estratégias de eGOV, refere numa nota de imprensa.

O Instituto Nacional de Estatística (INE), o Registo Notariado e o Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSI) são entre outras instituições presentes nesta acção formativa de duas semanas.

Os formadores são especialistas da Unidade Operacional da Universidade das Nações Unidas (UNU-EGOV) e da Universidade do Minho, ambas com vasta experiência em matéria de governação electrónica.

Durante a formação serão leccionados três cursos: Dados abertos, “big dataedata analytics”, planeamento estratégico de eGOV e gestão de projectos em tecnologias de informação.

Está prevista também a realização de um workshop sobre os mesmos temas.

Em Cabo Verde, o parceiro estratégico para implementação do PASP PALOP – TL é o Núcleo Operacional da Sociedade de Informação.

Nos restantes países parceiros do PASP são o INFOSI (Angola), o CEVATEGE (Guiné-Bissau), o INTIC (Moçambique), o INIC (São Tomé e Príncipe) e a DNRN (Timor-Leste), além das entidades responsáveis pela realização dos projectos nacionais financiados pelo PASP.

O PASP/PALOP-TL é cofinanciado pela União Europeia (cinco milhões de euros, no âmbito do 10.º Fundo Europeu de Desenvolvimento), e cofinanciado e gerido pelo Camões I.P. (um milhão de euros), e conta com a supervisão técnica da Agência para a Modernização Administrativa I.P. (AMA).

JL/CP

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.