Inicio Cooperação Director das comunidades dos Açores destaca particularidade da cooperação com Black Panthers

Director das comunidades dos Açores destaca particularidade da cooperação com Black Panthers

Cidade da Praia, 30 Ago (Inforpress) – O director regional da Comunidades dos Açores destacou hoje a importância da cooperação cultural e social entre a Associação Juvenil Black Panthers e o Grupo Folclórico Fajã de Baixo para fortalecer a emigração entre Cabo Verde e Açores.

Durante o acto da assinatura de um protocolo de cooperação entre esta associação juvenil da Várzea da Companhia (Praia) e a congénere de Fajã de Baixo, na Cidade da Praia, Paulo Teves apontou a vertente emigração como elo que liga os povos do arquipélago à diáspora e apontou este projecto como mais um “instrumento de fortalecimento das relações” entre Cabo Verde e Açores.

Considerou igualmente, que esta parceria constituí um respeito e reconhecimento dos povos destas duas regiões que comungam em muitas áreas de aspirações e desafios comuns, salientando que nos Açores a comunidade cabo-verdiana é das mais antigas e das mais expressivas.

Já o presidente do Black Panthers, Alcides Amarante, enalteceu a excelência do protocolo estabelecido com a congénere dos Açores, e que marca o enceramento da semana do intercâmbio que trouxe este grupo folclórico a Cabo Verde, para a sua primeira experiência intercultural fora de Portugal, prometendo cumprir na integra as cláusulas do protocolo.

Por sua vez, o presidente do Grupo Folclórico Fajã de Baixo, Hermínio Miranda, ressalvou a importância deste que foi o primeiro intercâmbio desta colectividade com congéneres de outros países, alegando que permitiu a agremiação que dirige ter novas visões ao conhecer uma realidade diferente do que diariamente estão habituados nos Açores.

Opinião partilhada pelo sócio honorário do Black Panthers Paulo Renato Mendes, antigo dirigente, para quem a importância de instituições de carácter social é determinante para a formação do homem, quanto mais não seja em países com situações de vida que exigem dificuldades acrescidas.

A ocasião foi assinalada pela entrega de donativos de materiais escolares, recolhidos pelo agrupamento de Fajã de Baixo, nos Açores, destinados aos educandos dos Black Panthers.

SR/CP

Inforpress/Fim