Deputados municipais do MpD anunciam término da obra do Mercado do Coco para este ano

Cidade da Praia, 18 Fev (Inforpress) – Os deputados municipais do MpD anunciaram hoje que o término da obra do Mercado do Coco, na cidade da Praia, está previsto para finais de 2019, através de um compromisso de financiamento por parte do Governo.

A informação foi avançada à imprensa, pelo porta-voz dos deputados do Movimento para a Democracia (MpD, situação) Manuel Alves, reagindo às afirmações da líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição,) Janira Hopffer Almada, no sentido de que serão gastos mais de 800 mil contos no Mercado do Coco.

Segundo Janira Hopffer Almada, o mercado tinha um orçamento de 333 mil contos e passados nove anos, as obras continuam na mesma, ou seja, em “esqueleto”, e foram gastos e “enterrados” mais de 450 mil contos.

Para o deputado do MpD, a líder do PAICV está a faltar à verdade e aproveitando de uma situação concreta “para manipular e enganar os cabo-verdianos”, considerando que a mesma “não sabe fazer contas”, “por isso está a usar números falaciosos para criar sensacionalismo”.

Conforme explicou, a empreitada da construção do mercado/Centro Comercial da Praia, foi inicialmente adjudicada pela Câmara Municipal da Praia (CMP) à empresa SOGEI, Engenharia e Construção, na sequência de um concurso público, tendo o respectivo contrato sido assinado em 8 de Abril de 2011, no valor de 330 mil contos.

“Desse montante, a CMP foi obrigada a pagar 110 mil contos em impostos ao anterior Governo, que negou a isenção a essa obra, direccionada às vendedeiras da Praia”, disse Manuel Alves.

Avançou que desse montante de 330 mil contos, a obra “consumiu apenas 220 mil contos, uma diferença enorme, de 600 mil contos”, do valor apresentado pela líder do PAICV.

“Neste sentido no âmbito dos programas de apoio do Governo aos municípios, a CMP solicitou ajuda ao Executivo e obteve o compromisso de financiamento para, num prazo de um ano, terminar a obra”, contou a mesma fonte.

Manuel Alves criticou ainda Janira Hopffer Almada, considerando que a presidente do PAICV quer ser deputada nacional, deputada municipal, na televisão, desafiando-a por esse motivo a candidatar-se então à presidência da Câmara Municipal da Praia, nas próximas eleições.

Recorde-se que a líder do maior partido da oposição e os eleitos municipais do mesmo partido, visitaram a obra na semana passada para se inteirarem do andamento da mesma.

Na ocasião Janira Hopffer Almada disse que vai apresentar uma denúncia crime junto da Procuradoria-Geral da República, por considerar que houve “anormalidades” na gestão da verba destinada às obras do Mercado do Coco, na Praia.

HR/ZS

Inforpress/Fim