Mindelo, 17 Fev (Inforpress) -  O Prémio Kakoi- Carnaval Artesanal de São Vicente  vai manter este ano o seu formato espontâneo, dispensando as inscrições, assegurou hoje à Inforpress o director do Centro Nacional de Artesanato e Design (CNAD), Irlando Ferreira.

Segundo o responsável da CNAD, entidade responsável pela sua implementação,   trata-se de um prémio institucionalizado pelo Ministério da Cultura e das Industrias Criativa no ano passado, com o objectivo de mobilizar a população para a valorização do lado espontâneo e artesanal do Carnaval,  que é “genuíno de São Vicente”.

"Para este ano, à semelhança da primeira edição, não é preciso inscrições para a participação no prémio, precisamente para preservar o seu carácter despretensioso",  explicou  Irlando Ferreira, acrescentando que qualquer  pessoa individual ou em grupo pode participar com a sua criatividade.

Apesar de não haver inscrições, o responsável pela atribuição do premiou avançou que a mobilização da população já está a ser feita através de um spot publicitário nas rádios, com o objectivo de promover  maior participação e animação artesanal no Carnaval este ano.

"O jurado para a avaliação dos grupos já foi constituído e conta  com cinco elementos que, na terça-feira do Carnaval (28 de Fevereiro), vão estar  em diversos pontos da baixa do Mindelo, observando os aspectos espontâneos, para depois decidir quais serão os vencedores", avançou.

Os critérios de avaliação, segundo explicou a mesma fonte, vão ser a criatividade, a originalidade, a reacção do público e a espontaneidade e podem ser registados através de fotografias, filmagens e notas de apontamentos.

Este ano, segundo o responsável da CNAD, vai haver prémio para distinguir os  primeiro, segundo e terceiro lugares para grupos de três a 10 pessoas, e ainda prémios de primeiro e segundo lugares para pessoas individuais.

 Irlando Ferreira aproveitou para avisar aos participantes que este ano a Rua de Lisboa vai estar disponível aos mesmos entre às 12:30 e às 14:30, a anteceder os desfiles oficiais, mas as demais ruas estarão disponíveis até as 18:00.

O director da CNAD referiu ainda que é importante lembrar que os grupos de animação que estão inscritos  para os prémios da câmara municipal não se enquadram na modalidade do Prémio Kakoi, portanto “não podem participar”.

O Prémio Kakoi - Carnaval Artesanal, é financiado pelo  ministério da Cultura e das Indústrias criativas e a sua implementação está a cargo do Centro Nacional de Artesanato e Desing.

Conta com o apoio da autarquia de São Vicente na definição dos valores que ainda não estão totalmente acertados, segundo com Irlando Ferreira.

O nome Kakoi foi atribuído em homenagem a uma das figuras que mais marcou o Carnaval do Mindelo no seu estilo artesanal.

O prémio  visa estimular o carnaval espontâneo, que em tempos foi considerado o elemento diferenciador do Carnaval mindelense.

EC/AA

Inforpress/ Fim

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.