Conselho Permanente dos Bispos da África Ocidental recomenda a criação do Comité da Paz da Igreja Católica

 

Cidade da Praia, 28 Jan (Inforpress)  – O Conselho Permanente dos Bispos da África Ocidental,  que se encontra reunido na Cidade da Praia, recomenda a criação do Comité da Paz da Igreja Católica, com o papel de trabalhar junto da CEDEAO para a promoção da paz.

Segundo  o bispo de Bissau, Dom José Camnate Na Bissing, que também assume as funções do vice-presidente da Conferência Episcopal dos países da África Ocidental de língua francesa, portuguesa e inglesa  (CERAO-RECOWA),   o Conselho da Presidência já tinha analisado este e outros documentos, os quais foram submetidos ao Conselho Permanente.

Explica que o Comité da Paz tem a vocação de colaborar com a CEDEAO na busca de caminhos para resolução de tantos conflitos que aflijam os caminhos da África Ocidental.

Disse que, doravante, “nenhum cristão, nenhuma paróquia e nenhuma diocese” deve sentir-se isolada diante dos grandes desafios que os estados membros da CEDEAO e a Mauritânia enfrentam.

Explica o presbítero  que esta preocupação vai ao encontro das exigências do Santo Padre Francisco, que continua a insistir para que a coordenação pastoral reforce a co-responsabilidade e a solidariedade entre as comunidades cristãs.

Em relação à crise política por que passa a Guiné-Bissau, Dom Camnate reafirma o papel da igreja na busca do diálogo e  do envolvimento de todas as forças guineenses, mediante  a análise de várias questões, consideradas complexas.

Atesta que a igreja católica em Bissau organiza as suas actividades para que todas as forças vivas da nação sejam envolvidas para ter atitudes e comportamentos capazes de introduzir mudanças reais no ambiente e na sociedade guineenses, tendo realçado o papel da Rádio Comunitária Católica na sensibilização para valores como a tolerância e o diálogo.

Os trabalhos iniciaram oficialmente sábado, tendo os presentes debruçados já sobre as estruturas das conferências da CERAO-RECOWA, sobretudo no que diz respeito a secretaria-geral, ao centro da Missão Pastoral e Pastoral, Grupo Escolar, Santa Teresa, da Agencia de Voiage Shalon de entre outras da igreja na África de Oeste.

Na segunda-feira, as Cáritas dos Estados Unidos da América orientam um seminário, virado para reforçar a capacidade dos membros desta Conferência Episcopal, visando analisar a realidade dos estados e melhor intervir na problemática social.

A igreja católica em Cabo Verde passou a fazer parte das Conferências Episcopais dos países da África Ocidental de língua francesa, portuguesa e inglesa (CERAO-RECOWA) em 2012, depois da criação da Diocese do Mindelo

SR/AA

Inforpress/Fim