Comando Regional da Boa Vista passa a contar com equipa técnica canina

Sal Rei, 04 Set (Inforpress) – O Comando Regional da Boa Vista conta a partir de agora com uma equipa técnica canina para detecção de explosivos e armas e reforça o seu grupo de intervenção e acção táctica com uma formação.

Segundo o comandante Regional, Bremem Cardoso, essa capacitação que teve a duração de 15 dias será uma mais-valia na actuação dos efectivos do Comando da “Ilha das Dunas”, em situações de risco e ambientes que exigem da polícia uma boa capacidade técnica de intervenção.

Bremem Cardoso assegurou que o grupo táctico de intervenção vai trabalhar na prevenção do crime, na reacção em ambientes adversos, nomeadamente em meios de alta perigosidade, no resgate de reféns, bem como nas buscas e revistas em locais suspeitos.

Os dois cães e os agentes formados na técnica canina vão operar nos locais mais sensíveis, como porto, aeroporto e alguns bairros da ilha, para detecção de armas e explosivos lá onde poderão estar escondidos.

O comandante Regional da Boa Vista sublinhou que apesar de serem dois grupos distintos, todos os formandos estão habilitados para trabalhar tanto a vertente canina, como operacional e táctica, nos domínios marítimo, da prevenção do crime, dos assaltos através de patrulhamentos, nas questões que se prendem com a segurança dos turistas e da ilha em geral.

A formação do grupo de intervenção e acção táctica e técnica canina que será encerrada hoje, pelas 16:30, pelo comandante do Comando Regional da Boa Vista, Bremem Cardoso foi ministrada por dois instrutores da cidade da Praia. Esses formadores foram capacitados em Portugal numa formação de formadores, dirigida por especialistas em tácticas e técnicas operacionais da polícia.

Após o encerramento da formação e a entrega do diploma, haverá uma demonstração das técnicas com valências marítimas e terrestres, na praia Diante, situada na cidade de Sal Rei.

Inforpress/Fim