Inicio Sociedade Colmeia prepara conferência nacional sobre políticas públicas voltadas para pessoas com deficiência

Colmeia prepara conferência nacional sobre políticas públicas voltadas para pessoas com deficiência

Cidade da Praia, 11 Set (Inforpress) – A Associação de Pais e Amigos de Crianças com Necessidades Especiais (Colmeia) vai promover a 29 de Outubro, na Cidade da Praia, uma conferência nacional sobre políticas públicas voltadas para pessoas com deficiência.

O projecto e os objectivos desta conferência foram apresentados hoje ao Governo durante um encontro da presidente Colmeia, Isabel Moniz, com o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, tendo a representante da Colmeia afirmado em declarações à Inforpress que “houve abertura do Governo que prometeu uma resposta brevemente”.

“O ministro das Finanças nos prometeu que irá concertar com os ministérios como Saúde e Educação para depois nos dar uma resposta sobre qual seria a participação do ministério que tutela, nesta conferência”, disse Isabel Moniz realçando, por outro lado, que contam também com o apoio do primeiro-ministro que lhes garantiu “a sua envolvência no encontro”.

A nossa intenção em solicitar o apoio do Governo visa que “todos juntos possamos debater as políticas públicas como resposta para as pessoas com deficiência”.

Neste encontro de hoje com Olavo Correia, a presidente da Colmeia fez-se acompanhar do representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Cabo Verde, Mariano Castellon, entidade que tem vindo a apoiar as iniciativas da associação.

A Colmeia é uma associação que trabalha com famílias de crianças que lidam com patologias de dificuldades específicas de aprendizagem (dislexia, disgrafia, discalculia, transtornos especifico de linguagem), deficiências sensoriais (auditiva e visual), deficiências intelectuais (síndrome de Down), Aatas habilidades intelectuais e sobredotados; transtorno por défice de atenção com ou sem hiperactividade (TDAH); deficiência física- motora, paralisia cerebral, transtornos de espectro autista (TEA), transtorno global de desenvolvimento, deficiência múltipla e microcefalia.

PC/FP

Inforpress/Fim