beylikdüzü escort porno izle sabotaj

CN do PAICV quer realização de novas eleições dos órgãos da Comissão Política Regional de Santiago Sul até Setembro

 

Cidade da Praia, 16 Jul (Inforpress) – O Conselho Nacional do PAICV(oposição) recomendou hoje a realização de novas eleições dos órgãos da Comissão Política Regional de Santiago Sul, até Setembro, como forma de repor a normalidade de funcionamento da organização.

No anúncio feito no final do Conselho Nacional do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), que se encontrava reunido na Cidade da Praia desde este sábado, 14, pelo seu porta-voz, João Baptista Pereira, a eleição deve acontecer, tendo em conta a demissão de mais de 50% dos integrantes da Comissão Política Regional de Santiago Sul.

Para o vice-presidente do maior partido da oposição, a normalidade no funcionamento dos órgãos deve ser resposta nesta região “crucial” para o país, sublinhando que as “feridas” decorrentes desta situação,são saradas através de processos legalmente estabelecidos em democracia.

“Demitiram-se mais de 50% dos elementos que pertenciam a um órgão e os nossos estatutos dizem que devem haver eleições para a reposição de normalidade. Neste caso, as feridas serão saradas neste processo, legal, institucional e no qual o PAICV tem historial e já superou várias crises e já passou por várias situações”, considerou.

Segundo o porta-voz, a CN entendeu que o partido deve continuar a trabalhar com enfoque nas suas causas e promover a “união e a coesão interna”, visando o reforço, “cada vez mais”, do PAICV, sobretudo que “cada um dos camaradas” coloque o interesse do partido e do país acima dos interesses particulares.

João Baptista Pereira referiu que depois de analisar a situação política nacional, o seu partido constatou, “com preocupação”, a “incapacidade” do Governo em pôr em prática as medidas de governação anunciadas em campanha eleitoral para fazer face às situações consideradas emergência, depois de 15 meses do mandato do Movimento para Democracia (MpD).

“Pelo contrário, as medidas tomadas, a começar pela extraordinária e nunca antes vista a partidarização do aparelho administrativo do Estado, apontam para um total desnorte e desconhecimento de cultura institucional”, frisou, sublinhando que esta situação tem tido consequências “gravosas” para o desenvolvimento económico e social, tanto a nível central com nas “transparências” de recursos para as autarquias.

Os problemas de Chã das Caldeiras, o problema dos transportes inter-ilhas, o aumento de desemprego, a insegurança, o aumento da criminalidade, o melhoramento do ambiente de negócios, são alguns “sinais de alertas” que o PAICV assinalou, como uma “oposição responsável e conhecedora da situação do país”

Tendo em conta estas situações, o CN recomendou, ainda, todos os militantes e dirigentes do partido uma “dedicação redobrada” junto dos cidadãos e das organizações da sociedade cabo-verdiana, no sentido de defenderem as “conquistas” democráticas e os “avanços” da gestão do Estado conseguidos ao longo dos 42 anos da sua existência.

A reunião do Conselho Nacional do PAICV coincidiu com o anúncio da eleição da líder do partido, Janira Hopffer Almada, como vice-presidente da Internacional Socialista, na reunião que aconteceu nos dias 11 e 12 na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, Estados Unidos da América (EUA).

DR/JMV

Inforpress/Fim

Modüler Bölme Duvar Cam Bölme Duvar Jaluzili bölme duvar Jaluzili cam bölme Çocuk odası Çocuk genç odası Çocuk odası Diş polikliniği dekorasyonu ssd vds Ofis dekorasyonu İç mimari dekorasyon Ofis dekorasyonu