Cantora brasileira destaca importância da música na ligação entre culturas do Brasil e Cabo Verde

Cidade da Praia, 15 Abr (Inforpress) – A cantora brasileira Mel Mattos, que esteve em Cabo Verde para vários espectáculos musicais e participar nas conferências do AME 2019, destacou a importância da música na ligação entre as culturas do Brasil e de Cabo Verde.

“A importância da música cabo-verdiana na ligação entre as duas culturas, brasileira e cabo-verdiana, é fundamental”, afirmou a artista para quem a música é algo que deixa “muito próximos” os dois povos.

Mel Mattos falou ainda na “malevolência” da música cabo-verdiana, da proximidade musical, tanto do ritmo, quanto das letras, mas principalmente o amor, presente nas composições.

A cantora fez saber ainda que, durante a sua estada na Cidade da Praia, teve a oportunidade de ver de perto o amor do cabo-verdiano pela música.

Mel Mattos disse, igualmente, que as suas apresentações superaram as expectativas e que recebeu “muito carinho” do público na cidade da Praia.

“Aqui, a cada esquina se escuta música, se ouve música ao vivo, se vivencia a música e é valorizada. Você vê que o público está atento, respeita o artista. Pelo menos foi o que eu vi. Isso me deixa muito feliz”, acrescentou a artista, frisando ainda que no Brasil as pessoas são “musicais também”.

Para a cantora brasileira, essa ligação é “muito latente” e que a música, realmente, leva a algum lugar. “A música cabo-verdiana, realmente, transfere”, pontuou.

Mel Mattos, 39 anos, está na música desde os seus 13 anos de idade. Já gravou dois álbuns “O Retratista (2010) e “Demodé?!” (2017), este segundo que apresentou em algumas apresentações na Cidade da Praia, à margem do Atlantic Music Expo (AME).

GSF/CP

Inforpress/Fim