Câmara de São Salvador do Mundo inaugura estrada que vai permitir escoamento de produtos em Mato Forte

Achada Igreja, 19 Jul (Inforpress)- O edil de São Salvador do Mundo, Ângelo Vaz, inaugurou hoje uma estrada de 800 metros que vai permitir o escoamento da produção agrícola de Mato Forte daquela localidade rural do interior de Santiago.

Ângelo Vaz, que presidia ao acto da inauguração desta estrada de penetração, uma reivindicação antiga da população, sobretudo, agricultores, considerou a via como uma obra “importante”, tendo em conta que vai desencravar uma “pequena comunidade” com grandes potencialidades agrícolas.

Enquadrada nas actividades dos 13 anos da elevação do município, celebrados hoje, a obra, realizada no âmbito do plano de mitigação da seca e do mau ano agrícola, está orçada em 3.000 contos.

“Esta obra vai ter um impacto muito grande nas comunidades de Mato Forte e Achada Leitão que se deslocam àquela localidade para a prática de actividades agrícolas. Vai permitir-lhes escoarem os seus produtos com mais facilidades”, sustentou, reiterando o compromisso de desencravar outras localidades.

Na ocasião, o edil lembrou que esta é a terceira estrada de penetração a ser inaugurada, depois da de Covão Grande, com 1800 metros, orçada em 12 mil contos e feita com recursos da autarquia e da via de Picos Acima, com 3800 metros de extensão, cuja primeira fase vai ser inaugurada esta segunda-feira, 23, pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Segundo o autarca, agora os agricultores vão poder colocar os seus produtos nos mercados de Assomada e da Praia em boa qualidade, e fazer com que, também, os jovens fixem residência naquela pequena aldeia, tendo em conta que ali há todas as condições para “serem felizes e realizados”.

Ângelo Vaz, que esteve acompanhado da sua equipa camarária, apelou aos moradores a fazerem um “bom uso” da estrada, para que a edilidade possa desencravar outras localidades com potenciais agrícolas, um processo que é para continuar até o final do mandato, conforme prometeu.

Já os moradores mostraram-se satisfeitos com tal obra, afirmando que a mesma, outrora de “terra batida” e hoje em “boas condições”, vai melhor as suas condições de vida e desenvolver aquela localidade que vive praticamente de agricultura.

A população de Mato Forte pediu ao edil salvadorenho que os contemple também com uma ponte, para que possam ter acesso à estrada em época de chuvas, em que cheias cortam-na.

No âmbito das comemorações alusivas aos 13 anos da elevação do município, está agendado para sexta-feira realização de um simulacro de combate a incêndios provocados por queimadas, em parceria com os Serviços de Protecção Civil de São Salvador do Mundo e Santa Catarina, Polícia Nacional e Delegacia de Saúde.

Constam ainda da programação o lançamento do livro de Silvino Évora “Comunicação Social e Cidadania” (27 de Julho), inauguração de Rede de Adução de Água de Achada Igreja, Pico Freire Faveta.

FM/JMV

Inforpress/fim